A OTAN prepara a sua instalação no Médio Oriente alargado

Por fim, deve ser mesmo a OTAN que irá dominar o mundo árabe após a retirada do CentCom (Comando Central dos EUA no Médio Oriente). A Alemanha poderia desempenhar um papel de liderança no seio da Aliança. O Secretário Geral Jens Stoltenberg espera:  1. Instalar a Aliance na Tunisia e fazer durar, eternamente, a guerra ...

Pepe Escobar: O mito da ‘ausência de ocidentalidade’: Tudo, em Munique é sobre EUA x China

Ministro Wang Yi, das Relações Exteriores da China, sublinha a urgente necessidade de coordenação internacional “para que se construa um futuro partilhado” 19/2/2020, Pepe Escobar, Asia Times Raras pantomimas políticas pós-modernas foram mais reveladoras que as centenas de ditos “tomadores de decisões políticas internacionais”, a maior parte dos quais ocidentais, ensebando os próprios discursos e ...

O Império Russo Sírio Turksih Idlib – O Último Impacto de Erdogan?

06 de fevereiro de 2020 por Ghassan Kadi para o The Saker Blog Embora o Exército Sírio, com a ajuda de seus amigos e aliados internacionais, especialmente a Rússia, tenha conseguido muitas vitórias e libertado a maioria das principais cidades da Síria do controle de grupos terroristas, a luta está longe de terminar. Antes que a ...

50 bombas nucleares dos Estados Unidos na Turquia para base italiana de Aviano

Manlio Dinucci Planejando a reação dos EUA a uma possível crise no seio da OTAN, os Estados Unidos definiram o plano de retirada das suas bombas atômicas da Turquia. Confirma-se que a base italiana de Aviano seria estrategicamente a melhor para recebê-las, mas não se sabe se a mesma tem a capacidade necessária. Rede Voltaire ...

«A Arte da Guerra» O uso militar escondido da tecnologia 5G

Manlio Dinucci A operação organizada pelos “Cinco Olhos” contra a Huawei visa, exclusivamente, assegurar que a tecnologia 5G no Ocidente não seja controlada por uma empresa chinesa. Como atesta um relatório do Pentágono, essa tecnologia civil tem com efeito, acima de tudo, uma utilização militar. Rede Voltaire | Roma (Itália) | 14 de Dezembro de ...

Europa x EUA: Estratégias e Custos na Guerra dos Gasodutos

Manlio Dinucci Depois de ter proibido a empresa chinesa Huawei de concorrer aos pedidos de ofertas para a 5G, os Estados Unidos opõem-se a que os europeus aumentem o fornecimento de gás russo. Se a primeira decisão visa manter a coerência da NATO, a segunda surge não de uma russofobia, mas da “doutrina de Wolfowitz”, ...

Líbia: Preparação de uma nova guerra

Thierry Meyssan A chegada de novas armas e de novos combatentes à Líbia anuncia uma nova guerra contra a população. Na realidade, a situação jamais acalmou desde o ataque da OTAN conforme a estratégia Rumsfelf/Cebrowski de guerra sem fim. Ao franquearem uma etapa suplementar, os protagonistas nada resolvem, mas ampliam o conflito. Rede Voltaire | ...

Livro: “Sob os nossos olhos”- Do 11 de Setembro a Donald Trump (11/25)

As duas Franças Thierry Meyssan Prosseguimos a publicação por episódios do livro de Thierry Meyssan, Sous nos yeux. Neste, a França aparece dividida : de um lado, o Presidente faz o jogo dos Anglo-Saxões e o seu rival gaullista o do Catar, enquanto dois ministros muito de direita se apoiam sobre o antigo Primeiro-ministro líbio, ...

Pepe Escobar: Vladimir Putin, pacificador-em-chefe

  Acordo Rússia-Turquia estabelece ‘zona segura’ ao longo da fronteira sírio-turca e haverá patrulhas militares conjuntas russo-turcas 23/10/2019, Pepe Escobar, Asia Times As negociações em Sochi foram demoradas – mais de seis horas –, tensas e duras. Dois governantes numa sala com seus intérpretes e vários importantes ministros turcos mantidos próximos, para o caso de ser ...

Vencedores e perdedores no ataque turco contra os curdos na síria – Parte III

Por Elijah J. Magnier: https://ejmagnier.com/2019/10/17/winners-and-losers-in-the-turkish-attack-on-the-kurds-in-syria-part-3-of-3/ Na Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos emergiram como os vencedores e se tornaram mais fortes que qualquer outro país do mundo. Os aliados – principalmente a União Soviética – venceram a guerra mas saíram dela muito fracos. Precisavam reconstruir seus países e suas economias, com os EUA exigindo enorme pagamento retrospectivo pelo ...