Como a Jordânia caiu: Da ‘Batalha da Dignidade’ ao escudo da vergonha

A colaboração de Amã com Tel Aviv atingiu o seu pico no sábado passado com a sua chocante defesa do território israelita contra drones e mísseis iranianos, um movimento que pode revelar-se fatídico para o futuro do Reino Hachemita.  Khalil Harb 16 de abril de 2024 O desenvolvimento mais perigoso durante o  ataque massivo de ...

Ex-príncipe herdeiro da Jordânia diz estar sob ‘prisão domiciliar’

03.04.2021 O meio-irmão do rei Abdullah II da Jordânia, o ex-príncipe herdeiro Hamzah bin Al-Hussein, diz que está em prisão domiciliar e foi proibido de se comunicar com pessoas fora de sua casa    domiciliar e foi proibido de se comunicar com pessoas fora de sua casa com pessoas fora de sua casa. “Recebi a visita ...

O comportamento imprudente de Netanyahu está levando as relações com a Jordânia à beira do abismo

  18/03/2021 por Osama Al-Sharif * O confronto ocorrido na semana passada entre Jordânia e Israel devido à obstrução de uma visita previamente acordada pelo príncipe herdeiro Hussein à Mesquita de Al-Aqsa em Jerusalém Oriental para participar de um evento sagrado islâmico, e a vingança de Amã ao impedir a visita do primeiro-ministro israelense Ministro ...

Porque Washington faz pressão sobre a Jordânia ?

Thierry Meyssan As manifestações jordanas marcam um novo episódio da primavera árabe ou, pelo contrário, exercem pressão sobre o Rei Abdallah II tendo em vista a sua aceitação do plano EUA para a Palestina ? Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 12 de Junho de 2018 No início de Junho, a Jordânia foi sacudida por ...

Estudo detalha os estrangeiros na Síria

Estudo detalha os estrangeiros na Síria
Por Dr. Jamil M. Chahin. Traduzido e adaptado pelo Oriente Mídia. São 95 mil combatentes estrangeiros de 87 países na Guerra contra a Síria. A estatística mostra os primeiros vinte países. Um resumo aponta: O numero maior de combatentes vivos são da Chechênia (14 mil) enquanto o numero maior de mortos são da Arábia Saudita (3.872 ...

Entrevista do Pres. Assad à Ag. France Press 2

Entrevista do Pres. Assad à Ag. France Press
Entrevista realizada dia 21/01- traduzida pelo pessoal do Vila Vudu de sua versão em inglês. AFP: Sr. Presidente, o que o senhor espera da Conferência Genebra-2? Presidente Assad: O elemento mais básico, ao qual nos referimos continuamente, é que a Conferência de Genebra produza resultados claros no que diz respeito à luta contra o terrorismo na Síria. ...

O discurso da Síria em Genebra 2 6

O discurso da Síria em Genebra 2
Discurso do vice-primeiro-ministro da Síria e ministro do Exterior e Expatriados, Walid al-Moallem, à ‘Conferência Genebra-2’, em Montreux, Suíça – publicado na Agência SANA – Tradução final Vila Vudu. Senhoras e Senhores, Falo-lhes em nome da República Árabe Síria, REPÚBLICA – estado civil que alguns, aqui nessa sala, tentaram empurrar de volta à idade média; ÁRABE – orgulhosa ...

Como será 2014?

Como será 2014?
Por Assad Frangieh. Apesar de 2013 ter sido um ano caracterizado principalmente pelo ressurgimento da multipolaridade, 2014 será o ano que o Urso Russo rugirá mais alto. Acordou na Geórgia em 2008, se revelou na Síria em 2013, em provocação atual na Ucrânia e cutucado agora em seu próprio território. Após os dois atos suicidas ...

As muitas faces da ira saudita

As muitas faces da ira saudita
Por MK Bhadrakumar, Strategic Culture. Na  última quinzena, a Arábia Saudita elevou muito o tom de sua retórica para manifestar fúria contra as políticas regionais dos EUA no Oriente Médio, especialmente para Síria e Irã. Semana passada, o tom chegou a picos altíssimos, com duas figuras chaves do regime saudita alternadamente satirizando e ameaçando o ...

Arco da Segurança no O.M. contra o Terror

Arco da Segurança no O.M. contra o Terror
Por Sharmine Narwani, Al-Akbar, Líbano. Muitos observadores acertam, ao perceber que está em andamento outra mudança sísmica no Oriente Médio, a qual – com a destruição dos arsenais químicos da Síria, negociada com intermediação dos russos; uma reaproximação EUA-Irã; a queda na importância estratégica de Arábia Saudita e Israel; e a retirada dos EUA do Afeganistão ...