A Arte da Guerra – Macron/Libia = ‘Rothschild Connection’

Manlio Dinucci Rede Voltaire | Roma (Itália) | 2 de Agosto de 2017 “O que está a acontecer hoje na Líbia é o nó de uma instabilidade de vários aspectos”, declarou o Presidente Emmanuel Macron ao celebrar, no Eliseu, o acordo que “descreve o caminho para a paz e para a reconciliação nacional”. Macron atribui ...

Thierry Meyssan: O que prepara o Presidente Macron

A inquietação apodera-se dos Franceses que descobrem —embora um pouco tarde— não conhecer o seu novo Presidente, Emmanuel Macron. Interpretando as suas recentes declarações e os seus actos em relação ao relatório que redigiu em 2008 para a Comissão Attali, Thierry Meyssan antecipa a direcção para a qual ele está «En marche!» («Em marcha»). Thierry ...

A conexão Macron-Líbia  1

A conexão Macron-Líbia 
“O que se passa hoje na Líbia é de algum modo o cerne de um processo de desestabilização que tem várias caras” – declarou o presidente Macron, ao comemorar no Eliseu o acordo que “traça o mapa do caminho para a paz e a reconciliação nacional”. Macron atribui a situação caótica do país exclusivamente aos ...

Por que a França mudou sua política em relação à Síria e Assad?

Por que a França mudou sua política em relação à Síria e Assad?
Durante uma recente conferência de imprensa com o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, o presidente francês, Emmanuel Macron, disse em 13 de julho em Paris, que o seu país não considera mais que  a remoção de Bashar al Assad seja pré-condição para o diálogo. Fonte: AlManar Macron disse que a doutrina francesa para a Síria mudou ...

Macron, não Le Pen, Perenizou o Estado de Emergência

Macron, não Le Pen, Perenizou o Estado de Emergência
Ramin Mazaheri, The Vineyard of the Saker Emmanuel Macron não perdeu tempo. Já é oficial: o presidente apresentará projeto de lei que transformará o atual estado extraordinário de emergência em prática policial regular. Segundo Le Monde, que viu uma cópia vazada do texto da lei: “(…) quase todas as medidas do estado de emergência serão ...

Thierry Meyssan- Kadima ! En Marche !

 Depois de ter sucessivamente eleito para a presidência da República um agente da CIA e um empregado dos emires do Golfo, os Franceses aceitaram ser vigarizados uma terceira vez, por um produto israelita. Eles acreditam ter afastado o espectro do fascismo ao votar por um candidato apoiado pela OTAN, pelos Rothschild, e por todas as ...

Os “rebeldes moderados” comemoram a vitória de Macron

Os
Os seguidores de grupos rebeldes que lutam na Síria coincidem com a União Europeia e os principais líderes internacionais em apoiar o novo presidente francês.   Autor: Arturo García Tradução: Língua Geral O hino da União Europeia, a Marselhesa cantada a plenos pulmões e milhares de bandeiras francesas. A festa no Louvre após a consumação da vitória de ...

Síria rechaça acusações do governo francês sobre ataque químico

Síria rechaça acusações do governo francês sobre ataque químico
A Síria qualificou, nesta quinta-feira (27), como uma ”campanha raivosa de desinformação e mentiras”, as recentes declarações do chanceler francês Jean Marc Ayrault, sobre o suposto ataque químico na cidade de Kahn Sheikun, província de Idleb “As acusações, feitas pelo governo francês, representam uma agressão flagrante e violação dos poderes das organizações internacionais, na tentativa ...

França apanhada pelo terrorismo dos seus próprios aliados da OTAN.

A França acaba de ser o alvo de novo ataque terrorista, a três dias da primeira volta(turno-br) da eleição presidencial. Para Thierry Meyssan, Paris deve parar de contar idiotices e tomar em linha de conta os acontecimentos: o terrorismo internacional —na qual participa— é comanditado e instrumentalizado precisamente contra si por alguns dos seus aliados ...

Acusações infundadas: quem realmente utiliza armas químicas na Síria? 5

Acusações infundadas: quem realmente utiliza armas químicas na Síria?
                                     Oposicionistas sírios acusaram o exército nacional da utilização de armas químicas não apresentando nenhumas provas disso. Mas será que os países ocidentais não necessitam de provas? O exército nacional sírio nunca utilizou e não vai utilizar substâncias ...