Se isso desanda, será o ‘Fim do Império’

8/6/2020, Alastair Crooke, Strategic Culture Foundation Dia úmido quente, sopra uma leve brisa morna. A fumaça e o gás lacrimogêneo rodopiam no ar denso, adocicado, e o sol talha o ar como foice, em ângulos agudos. Está-se formando um protesto de massa. Jovens conversam; pessoas andam de um lado para o outro. Ainda não se ...

Coronavírus-Política anticapitalista em tempos de COVID-19

19/3/2020, David Harvey, Blog [Ouça (ing.) o podcast] Ao tentar interpretar, compreender e analisar o fluxo diário de notícias, tendo a pôr o que esteja acontecendo, contra o pano de fundo de dois modelos de como o capitalismo funciona, modelos distintos, mas com intersecções. O primeiro nível é um mapeamento das contradições internas da circulação ...

‘Nova revolução iraniana’ é (mais uma!) ficção da mídia ocidental. Pesquisas mostram realidade bem diferente

27/11/2019, Sharmine Narwani,* RT Dados de duas pesquisas feitas por empresas estrangeiras narram história muito diferente dos protestos no Irã. A economia enfrenta problemas graves, mas a maioria dos iranianos aprovam as iniciativas de segurança do próprio governo e rejeitam qualquer tipo de ‘levante’ doméstico. Dia 15 de novembro, iranianos irados começaram a sair às ...

Manifestações anti-governamentais no Khorassan iraniano

REDE VOLTAIRE | 2 DE JANEIRO DE 2018  Importantes manifestações tiveram lugar, a 28 de Dezembro de 2017, em Khorassan (região do Irão junto à fronteira afegã). Os contestatários denunciaram o desemprego, a corrupção governamental e a baixa do nível de vida. As principais cidades atingidas foram Meched (santuário do Imã Reza e terceira aglomeração do ...

Extensão das manifestações a um terço do Irã

REDE VOLTAIRE | 2 DE JANEIRO DE 2018  As manifestações contra o desemprego que sacudiram o Korassan, a 28 de Dezembro de 2017 [1], estenderam-se no dia seguinte para o Norte e o Oeste do país. Acusadas de cantar «Morte ao ditador!», 52 pessoas foram presas em Mecchad, onde a polícia, num primeiro tempo, havia confraternizado com ...

G-20 do Inferno 1

9/7/2017, Pepe Escobar, SputnikNews Traduzido por Vila Vudu Uma história futura do G20 em Hamburgo pode começar com a pergunta que o presidente Donald Trump – na verdade, o assessor que redige seus discursos – propôs dias antes, em Varsóvia: “A questão fundamental de nosso tempo é se o Ocidente tem vontade de sobreviver.” A ...

E, de repente, um vilarejo no Marrocos vira… uma nova “primavera”

E, de repente, um vilarejo no Marrocos vira... uma nova
Por Babel Hajjar, especial para o Orientemidia Al Hoceima é um vilarejo costeiro de menos de 60 mil habitantes no Marrocos. Como muitos lugares no mundo, é um local carente de infra-estrutura básica e que passa por dificuldades econômicas, já que a pesca, atividade principal da cidade, vem trazendo resultados cada vez menos satisfatórios nos ...

Manifestações, nas principais cidades da Turquia, de apoio à Síria e condenando o terrorismo apoiado por Erdogan

Desde a quinta feira, 30 de abril, a Turquia vem assistindo a inúmeros protestos realizados por sua população civil. Centenas de turcos marcharam sábado na cidade de Adana para denunciar os massacres cometidos pelos terroristas na Síria, especialmente na cidade de Jisser al-Shughur . Os participantes do evento em um comunicado condenaram as atrocidades cometidas ...

Manifestantes pedem negociações de paz com palestinos em protesto em Tel Aviv

Manifestantes pedem negociações de paz com palestinos em protesto em Tel Aviv
Redação Opera Mundi| São Paulo – 16/08/2014 – 18h33   Reunidos na praça Yitzhak Rabin, eles gritavam “Fora, Bibi”, em referência ao primeiro-ministro Netanyahu; organizadores falam em 10 mil participantes Opera Mundi- Milhares de israelenses foram à praça Yitzhak Rabin, em Tel Aviv, na noite deste sábado, para pedir que o governo israelense comece imediatamente ...

Mursistas,impasse para inviabilizar as eleições 4

Mursistas,impasse para inviabilizar as eleições
Por Nathaniel Braia.  O Nasserista Hamdeen Sabahi alerta para o jogo dos adeptos de Mursi – através da violência – para inviabilizar estabilização e democracia no Egito. O líder nasserista, Hamdeen Sabahi, do partido Corrente Popular Egípcia, qualificou a Irmandade Muçulmana (IM) (apoiadora do ex-presidente Mohamed Morsi) como responsável pela tragédia desta quarta-feira, quando a refrega ...