A caminho do fim da propaganda estadunidense 2

A caminho do fim da propaganda estadunidense
por Thierry Meyssan Rede Voltaire Tradução Natalia Forcat A propaganda do Império anglo-saxão nos fez acreditar que EUA é o “país da liberdade” e suas guerras não têm outro propósito senão o de defender seus ideais. Mas a crise ucraniana acabou de mudar as regras do jogo: Washington e seus aliados perderam o monopólio da ...

Ucrânia: Putin conteve Obama

Ucrânia: Putin conteve Obama
Por Finian Cunningham, PressTV, Irã. Traduzido p[elo pessoal da Vila Vudu. Os EUA entraram em novo surto de excepcionalismo, com o presidente Barack Obama a ameaçar a Rússia, sobre respeitar a soberania da Ucrânia e não desestabilizar a região. Por “excepcionalismo norte-americano” designa-se a capacidade de Washington, , para excepcional arrogância e excepcional dizer uma coisa e fazer outra, capacidade ...

Ganha e perde na Ucrânia

Ganha e perde na Ucrânia
Por MK Bhadrakumar, Indian Punchline. Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu. Depois de oito horas de negociações, que avançaram noite adentro na 5ª-feira (20/2/2014), entre o presidente Viktor Yanukovich da Ucrânia e a “troika” da oposição, Arseniy Yatsenyuk, Oleh Tyahnybok e Vitali Klitschko, chegou-se a um acordo, na manhã da 6ª-feira (21/2/2014) em Kiev que, se espera, ponha fim ...

Fallujah: a nova dor de cabeça de Obama

Fallujah: a nova dor de cabeça de Obama
Por MK Bhadrakumar, Strategic Culture. Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu. Guernica na Guerra Civil Espanhola, My Lai na Guerra do Vietnã, Baía de Guantánamo na guerra ao terror – todos esses foram símbolos poderosos. O sítio de Fallujah em maio de 2004 destaca-se na Guerra do Iraque como a mais sangrenta batalha que os EUA combateram desde a ...

Presidente Sírio na TeleSUR TV da Venezuela 1

Presidente Sírio na TeleSUR TV da Venezuela
Tradução Vila Vudu da entrevista concedida à TV da Venezuela. Presidente Assad: Quero dizer que o senhor e a TeleSUR são bem-vindos à Síria, e faço votos de que o senhor recupere-se rapidamente do ferimento na perna. Acredito que ser entrevistado por um jornalista que testemunhou em primeira mão a ação terrorista é útil e ...

Obama redescobre a ‘diplomacia’

Obama redescobre a 'diplomacia'
Por Nathaniel Braia. Na noite de terça-feira Obama apareceu na TV americana exibindo um outro tom. Agora já não se tratava mais da chuva de mísseis Tomahawks a partir de destroyers fundeados a leste do Mediterrâneo sobre a Síria, para “punir” Bashar Al Assad. O carniceiro de Benghazi agora, saindo do Salão Oval da Casa Branca, ...

Síria: Xeque-Mate em Obama? 3

Síria: Xeque-Mate em Obama?
Por Claudio Daniel. A Rússia realizou uma jogada de mestre. O acordo de paz apresentado pela diplomacia russa para evitar o ataque norte-americano à Síria colocou Obama na defensiva. A população norte-americana não deseja a guerra, pelo alto custo financeiro e em vidas humanas de um conflito que pode ser ainda mais longo, custoso e ...

Putin joga a carta do entendimento, para a Síria

Putin joga a carta do entendimento, para a Síria
1/9/2013, MK Bhadrakumar,Indian Punchline. O Kremlin acaba de distribuir o texto oficial da fala do presidente Vladimir Putin sobre a crise síria. Chama a atenção que Putin falou mais demoradamente e disse muito mais do que sugerem as matérias que os jornais estão distribuindo no ocidente; e, também, que falou sobre praticamente cada um dos ...

Saída pelos fundos? 1

Saída pelos fundos?
Por Assad Frangieh. O Presidente Obama deu uma de Pôncio Pilatos. Lavou a mão e passou o problema aos congressistas norte-americanos. Se vamos para a guerra, que seja em nome do Povo Americano. Desde que os Estados Unidos perceberam que as tropas do Exército Sírio já modificaram o campo de batalha e que a solução ...

“Obama sabe que se aliou à al-Qaeda?”

“Obama sabe que se aliou à al-Qaeda?”
Robert Fisk*. Se Barack Obama decidir atacar o regime sírio, terá conseguido – pela primeira vez na história – pôr os EUA como aliados da al-Qaeda. Que aliança! Não eram os Três Mosqueteiros que gritavam “um por todos, todos por um” cada vez que saiam procurando briga? Os estadistas ocidentais deveriam repetir o mote, se – ...