Perseguição aos Muçulmanos e ao Islã 6

Share Button

Por Hussein Mohamad Taha*

O Islamismo é a religião que mais cresceu nas últimas duas décadas duplicando o número de fiéis nesse período e ainda cresce. Esse fato está incomodando a muitos e gerando uma propaganda de desconstrução do Islamismo.

Como se não bastasse a divulgação de mentiras como a submissão de mulheres, o casamento de crianças com adultos, insinuações que os muçulmanos são terroristas, entre outras, estão agora denegrindo a imagem do Profeta Mohammad (Deus o abençoou e a sua Família e os saudou) cometendo o crime de reproduzir a fisionomia do Mensageiro de Deus (s.a.a.a.s.).

No Islamismo a reprodução da imagem do Profeta é considerada crime, pois esse fato pode gerar idolatria e isso não é permitido na Religião Islâmica.
Com um filme mal feito e com charges que mostram o Islamismo como uma religião de terroristas, de violência e de intolerância, demonstram a total falta de conhecimento aos preceitos e leis islâmicas.

O Sagrado Alcorão diz que deve haver a tolerância religiosa, o respeito aos outros, o respeito às mulheres, o respeito às crianças, e principalmente a não violência, a não ser que seja em legitima defesa. Aí nos perguntamos: O que aconteceria se fizéssemos um filme onde fosse mostrado o Profeta Jesus (a paz esteja sobre ele) em um casamento com Maria Madalena e com filhos?

O Islamismo respeita o Profeta Jesus (a.s.) e considera sua importância ao trazer a mensagem da unicidade Divina, pregada por vários profetas como Adão, Abraão, Moisés, Ismael, Isaque, Noé, José, Jacó, Davi, Salomão, Zacarias (a paz esteja sobre eles). Maria, escolhida por Deus (Elevado e Exaltado seja), para ser mãe de Seu mensageiro, tem um capítulo (Surata) no Alcorão em respeito a ela.

Infelizmente, esse respeito não é recíproco, considerando os últimos acontecimentos. Vemos pastores e soldados queimando o Sagrado Alcorão nos E.U.A., mesquitas profanadas na França, direitos das mulheres muçulmanas desrespeitados, além de mentiras e desrespeito ao Profeta (s.a.a.a.a.s) com charges e filmes.

E, quando os muçulmanos se revoltam, reivindicando respeito, são tratados como vândalos, violentos e radicais, mas faço um questionamento para sua reflexão: Até onde pode ir a “liberdade de expressão”? Será que em nome desse direito devemos zombar, fazer piadas de mau gosto, inventar fatos ou divulgar filmes que denigrem a imagem de uma religião pacifica?

A liberdade de expressão é uma ferramenta indispensável para a democracia, mas deve haver um limite, um limite que deve respeitar a individualidade religiosa e cultural de cada povo ou nação.

Quando o filme dos Simpsons fez sátiras ao Brasil, os brasileiros protestaram e exigiram pedidos de desculpas formais. Quando filmes que mostram o profeta Jesus (a.s.) diferente daquilo que os cristãos acham condizente, solicitam retratação e são atendidos, então por que não atendem as reivindicações dos muçulmanos?

Outro fato que assusta é que as monarquias absolutistas da região do Oriente Médio, tais como Arábia Saudita, Bahrein e Qatar, alinhadas aos Estados Unidos, não fizeram qualquer solicitação ou critica em relação ao filme, tampouco solicitaram retratação. Já países considerados inimigos, como Irã, Egito – que agora é governado pela Irmandade Muçulmana – Síria, Paquistão e Afeganistão fizeram essas solicitações e não foram atendidos, aumentando ainda mais o desagrado com as potências européias e estadunidense.

Isso faz com o que a população muçulmana seja ainda mais hostil em relação a esses países, o que pode gerar conseqüências à Primavera Árabe, fazendo com que grupos radicais tentem assumir o poder, alegando que a democracia imposta pelos americanos denigre e difama o Islamismo.

*Hussein Mohamad Taha é formado em Relações Internacionais pela Universidade Tuiuti do Paraná e pós-graduado em Geopolítica e Relações Internacionais pela mesma instituição. É colaborador do OrienteMídia.org.

Share Button

6 thoughts on “Perseguição aos Muçulmanos e ao Islã

  1. Responder Aline jun 3,2014 22:42

    Eu não conheço muito sobre a religião Muçulmana mas respeito bastante, no facebook tenho alguns colegas Muçulmano, e quando conversamos eles falam sobre sua religião… Eu dou espaço a eles pois assim como eu eles também me dão atenção eu respeito e percebo que eles respeitam minha também minha opinião por que acima de tudo existe o amor ao próximo. E amo eles pois são ótimas pessoas.

  2. Responder FERNANDO jun 14,2014 16:12

    SE QUALQUER RELIGIÃO FOSSE BOA, DEUS COM CERTEZA NÃO CASTIGARIA OS PECADORES, POR EXEMPLO NÃO TERIA TANTAS CATÁSTROFES MORTES ASSASSINATOS ASSALTOS A MÃO ARMADA BRIGAS TRAGEDIAS HORRÍVEIS NO MUNDO, ISSO NOS MOSTRA QUE SÓ EXISTE UMA RELIGIÃO QUE AGRADA A DEUS.
    SE AS ORAÇÕES DE IGREJAS NÃO CATÓLICAS TIVESSEM ALGUM PODER DIANTE DE DEUS, SERÁ QUE NO BRASIL TERIA CRESCIDO TANTO AS TRAGÉDIAS E A VIOLÊNCIA ???, A IGREJA QUE MAIS CRESCEU NO BRASIL PELO MENOS ATÉ O ANO DE 2010 FORAM AS IGREJAS NÃO CATÓLICAS. ISSO NOS DÁ UMA PISTA DE QUAL É A VERDADEIRA RELIGIÃO.
    EM 2000 A TAXA DE HOMICÍDIO NO BRASIL ERA DE 20 ASSASSINATOS A CADA 100 000 HABITANTES E EM 2010 FICOU EM 24 ASSASSINATOS A CADA 100 000 HABITANTES. EM 2000 O ESTADO DE SÃO PAULO FICOU COM 44 ASSASSINATOS A CADA 100 000 HABITANTES E EM 2010 FICOU COM 12 ASSASSINATOS A CADA 100 000 HABITANTES.
    Do ano 2000 até 2010 aonde a fé católica mais diminuiu no Brasil, (de 124 980 132 em 2000 para 123 280 172 em 2010 ), foi também a época em que houve mais desgraças de nível altíssimo no Brasil, por exemplo, destelhamento de 3 000 casas no estado de Santa Catarina causado por um tornado quase furacão, deslizamento de terra nas montanhas aonde deixou Santa Catarina quase sem suprimento de
    alimentos água e luz aonde milhares de pessoas ficaram desabrigadas, deslizamentos de terras no Rio de Janeiro aonde também houve muitas famílias que ficaram desabrigadas, alagamento em grandes cidades no estado do Maranhão aonde milhares de pessoas ficaram desabrigadas, alagamento no nordeste aonde milhares de pessoas ficaram desabrigadas, atentados terroristas em bancos e caixas de bancos no estado de São Paulo poucos meses antes das eleições, apagão no Brasil aonde quase o Brasil inteiro ficou sem luz, e em 11 de setembro 2001 teve o atentado terrorista em Nova Iorque, e em 11 de março de 2011 teve o tsunami no Japão que matou umas 50 000 pessoas, em 2004 teve um terremoto que matou umas 700 pessoas na Itália, e teve também o terremoto no Haiti que chegou matar umas 200 000 pessoas. Quanto mais as pessoas se afastam da fé católica mais desgraças acontecem. O aborto não deve ser permitido de jeito nenhum, até uns 5 anos atrás eu também pensava que talvez o
    aborto fosse bom e que dependendo da situação poderia salvar a vida da gestante, mas não adianta agente querer salvar a vida da gestante dessa forma, se tiver que morrer melhor que morra, do que acabar fazendo uma gestante virar assassina.
    Devemos dar prioridade para a vida do bebê, a mãe já teve seu tempo de vida, o bebê nem nasceu e já estão querendo o matar, mesmo que seja por causa de estupro se a mulher faz aborto está matando e cometendo pecado pois está tirando a vida de um ser humano. AGORA ME RESPONDA QUAL É A VERDADEIRA RELIGIÃO ?
    “SEDE SANTOS ASSIM COMO DEUS PAI DO CÉU É SANTO”.
    MATEUS CAPITULO 5, VERSÍCULO 48.
    28 “Não façam cortes no corpo por causa dos mortos nem tatuagens em vocês mesmos. Eu sou o Senhor.
    Leia o capítulo completo: Levítico 19
    NÃO USE BRINCO NEM PIRCING É PECADO.
    Não se iluda, pois com Deus não se brinca: cada um colherá aquilo que tiver semeado.
    GÁLATAS cap. 6,vers. 7 VEJA NO SITE DO YOUTUBE.COM VISÕES DA IRMÃ FAUSTINA
    CÉU PURGATÓRIO E INFERNO

  3. Responder Cristiane Rodrigues dez 2,2015 14:41

    os muçulmanos maltratam mulheres e crianças e querem ter direitos no país dos outros? hahahaha esses muçulmanos qnd são maltratados pelos outros países, só estão tendo o q merecem!

  4. Responder Caio Daniel Nunes Santos abr 6,2016 0:01

    Se o islã for exatamente isso que você disse, ótimo. Eu acho que os muçulmanos devem ter um espaço no mundo e o direito de professar sua fé, desde que não matem outras pessoas apenas porque elas são muçulmanos. Se você é muçulmano e nunca matou um cristão e ainda acha que isso é tão abominável quanto o nazismo alemão e que qualquer pessoa que mate outra apenas por ter uma religião diferente está infinitamente distante de Deus, parabéns. Que todos fossem como você. Mas a gente sabe que não é bem assim.

  5. Responder MOHAMMED HAZIZ abr 8,2016 11:38

    Assalamu Waleikum!

    Para mim é muito cansativo estar sempre lutando numa guerra ideológica no youtube contra radicais ateus e cristãos e de outras seitas e religiões. Difamam demais os muculmanos, o profeta Muhammad(SAAS), Allah(SWT) ou DEUS e CTRL C e CTRL V de blogs e videos anti islâmicos… Mas Allah(SWT) está vendo o mal que as pessoas fazem e um dia estas serão cobradas no dia do Juízo Final. Existe um vídeo chamado ILUMICORP no Youtube que quer a destruição da Comunidade Muçulmana e a escravidão dos cristãos. Triste mas é real. E já começaram com a maldade contra nós muculmanos. Deus está vendo tudo e um dia ele vai cobrar de quem faz e quem apoia estas atrocidades…Waleikum Assalam!

  6. Responder maicon maio 10,2016 10:23

    Voce deveria escrever agora um texto de como os cristãos são tratados em paises de maioria mulçumana como Paquistão onde um menino cristão foi queimado vivo por radicais islamicos e onde asia bibi sera enforcada pela tal lei da blasfemia ,Sudão onde uma cristã gravida seria enforcada porque era cristã.Arabia Saudita onde cristaos perdem a cabeça.Os unicos paises de maioria islamica que respeitam os cristaos e o libano e a siria.

Deixar um comentário