Intervenção militar russa na Síria: Semana 1

10/10/2015, The Saker, Unz Review Traduzido por Vila Vudu A velocidade com que foi conduzida a operação militar russa na Síria foi enorme surpresa para a comunidade de inteligência nos EUA (o que não posso dizer que tenha sido culpa dela, porque eu fui igualmente colhido de surpresa). Aqui, que ninguém se engane: a força ...

EUA: Construir exércitos (e vê-los fracassar)

13/10/2015, Andrew J. Bacevich,* TomDispatch Traduzido por Vila Vudu Primeiro foi Fallujah, depois Mosul, e adiante, Ramadi no Iraque. Agora, aí está Kunduz, capital provincial no norte do Afeganistão. Em todos esses locais, viu-se encenada a mesma história: em cidades que a mídia-empresa gosta de chamar de “estrategicamente importantes”, forças de segurança treinadas e equipadas ...

Deem bom – dia aos meus mísseis cruzadores

12/10/2015, Pepe Escobar, Asia Times Traduzido por Vila Vudu O Novo Grande Jogo na Eurásia avançou saltos e saltos semana passada, depois que a Rússia disparou 26 mísseis cruzadores, do Mar Cáspio, contra 11 alvos no ISIS/ISIL/Daesh por toda a Síria e destruiu todos. Esses ataques do mar foram a primeira vez, que se saiba, ...

KALIBRar o inimigo: Implicações estratégicas do lançamento de mísseis cruzadores russos 1

13/12/2015, Vladimir KOZIN,[1] Oriental Review (Rússia) Traduzido por Vila Vudu A diplomacia, apesar de todas as convenções, só reconhece eventos reais. Charles de Gaulle Semana passada, aconteceu na Síria um evento de máxima importância, como parte da Operation Hmeymim: a Flotilha do Cáspio da Marinha Russa disparou 26 mísseis cruzadores de ataque em terra (land-attack ...

Putin: EUA armam combatentes para Estado Islâmico

Às vésperas de participar da 70ª sessão da Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, concedeu uma entrevista ao jornalista norte-americano Charlie Rose para o canais de televisão CBS e PBS. Leia abaixo alguns trechos da entrevista, reproduzida na Agência Sputnik: CHarlie Rose: Todos aguardam ansiosamente o seu discurso. Será ...

Especialista: apesar das declarações, EUA não têm vontade de parar guerra na Síria

  © AP Photo/ Vadim Ghirda O representante oficial do Pentágono Peter Cook manifestou que os EUA estão prontos, se for necessário, a cooperar com a Rússia e o Irã para evitar possíveis situações de conflito com os militares destes países na Síria. “Ainda não começamos a discussão destas questões sobre a prevenção de conflitos ...

O mito de uma “ameaça” russa

  26/8/2015, Pepe Escobar, Sputnik Tradução Vila Vudu © Flickr/ Michael Baird Não passa uma semana sem que o Pentágono ponha-se a se lamuriar contra alguma terrível “ameaça” russa. O comandante do Estado-maior das Forças Conjuntas dos EUA, Martin Dempsey, entrou em território de “não sabidos sabidos”, que pertence por direito Donald Rumsfeld, quando, recentemente, ...

Síria, retórica e verdade

 Thierry Meyssan Desde há duas semanas que a imprensa internacional espalha rumores anunciando o início de uma operação militar norte-americana contra a Síria. Thierry Meyssan, que havia denunciado uma manipulação do general John Allen e dos seus amigos tendo em vista sabotar o acordo EUA/Irã, retoma aqui o absurdo desta proposição. Ele explica o porquê ...

“Estratégia 2015” do Pentágono, para governar o mundo

4-5/7/2015, [*] Mike Whitney, Counterpunch “The Pentagon’s “2015 Strategy” For Ruling the World” Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu Na 4ª-feira (1/7/2015), o Pentágono distribuiu sua “2015 National Military Strategy”, documento de 24 páginas com a fórmula para governar o mundo com força militar. Embora a linguagem do relatório seja mais sutil e menos incendiária ...

Pentágono só tem uma versão do futuro – a guerra

A nova estratégia militar dos EUA, segundo um jornalista americano, é um guia sobre a forma de governar o mundo usando a força militar.  © AFP 2015/ Johannes EISELE 05.07.2015 Segundo Mike Whitney, o Pentágono não vê outro futuro para o seu país além da agressão a fim de proteger a segurança nacional. Enquanto isso, as principais ...