Síria: Preparação da libertação de Allepo-Leste

Rede Voltaire | 14 de Novembro de 2016 Pelo menos 10.000 jihadistas da Al-Qaeda, sob o comando do xeque saudita Abdullah al-Muhaysini, ocupam atualmente os bairros de Alepo-Leste. Apoiados pela Coligação Internacional que os apresenta como «revolucionários sírios» ou «rebeldes moderados», estão sitiados pelo Exército Árabe Sírio e o Hezbollah, mas continuavam a ser aprovisionados ...

Thierry Meyssan:Querem julgar Vladimir Putin?

Thierry Meyssan Considerando Vladimir Putin como responsável pelo ressurgimento da Rússia, os neo-conservadores norte-americanos e israelitas tentam desde 2011 prendê-lo, julgá-lo num tribunal internacional, e condená-lo. Fiel servidor da sua estratégia, o Presidente francês François Hollande sugeriu publicamente considerá-lo responsável pelos crimes dos jihadistas na Síria. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 13 de Outubro ...

Rússia alerta: ISIS reagrupou-se em Allepo aproveitando a trégua

Noticias ao Minuto – O comando militar russo na Síria disse hoje que o Estado Islâmico (EI) e a Frente al Nusra aproveitaram as tréguas para se reagruparem na província de Allepo para armazenar armamento e munições. “Reagruparam-se, reforçaram o arsenal com armamento e munições e começaram a lançar uma grande ofensiva. Os grupos terroristas ...

Direto ao fim das negociações de Genebra e a retomada das conversações intra-sírias ?

Thierry Meyssan Washington e Moscou conseguiram manter o seu acordo sobre a Síria após John Kerry ter assegurado ao seu homólogo russo que as armas fornecidas pelo Pentágono, em Abril, à Al-Qaida e ao Daesh (E.I.) o haviam sido em virtude de um antigo programa, hoje abandonado. Vai-se agora em direcção à paragem das negociações ...

Afluxo de armas e jihadistas para a Síria continua 1

REDE VOLTAIRE | 4 DE MARÇO DE 2016 Independentemente da cessação de hostilidades —que não envolve nem a Al-Qaida, nem o Daesh (E.I.)— prossegue o afluxo de jihadistas e armas para a Síria. Assinala-se que vários milhares de homens entraram, desde o início da cessação de hostilidades, pela fronteira turca. A Grécia apreendeu, a 1 ...

Moscou, bastião contra os jihadistas

Thierry Meyssan Desde 2012, Moscou tenta aliar os Ocidentais à sua causa : defender a civilização contra o jihadismo. Tal como ontem o mundo se havia unido contra o nazismo. Para isso, primeiro, dissociou a Casa-Branca de combatentes que ela considera como «jihadistas» e que os Estados Unidos designam como «rebeldes». Agora, tenta isolar a ...

Apoio à Síria dá à Rússia status de “superpotência diplomática” 2

20/9/2015, Sputnik News Traduzido por Vila Vudu Em artigo recente para o portal israelense de notícias Walla!, o jornalista Amit Leventhal sugeriu que os movimentos da Rússia para garantir assistência à Síria em sua guerra contra o terrorismo jihadista, ante a hesitação do ‘ocidente’, estão efetivamente convertendo a Rússia na “super potência diplomática” com que ...

ISIS: Dezenas de ex- militares franceses integram as fileiras jihadistas

Uma dezena de ex-militares franceses, alguns das forças especiais ou da Legião Estrangeira, juntaram-se a diferentes grupos jihadistas no Iraque e na Síria, noticiaram hoje a rádio RFI e o jornal L’Opinion. Lusa 16:42 – 21 de Janeiro de 2015 | Por Lusa Questionado sobre esta notícia, o ministro da Defesa, Jean-Yves Le Drian, confirmou-as parcialmente, ...

A CIA coordena nazis e Jihadistas

Thierry Meyssan- “SOB OS NOSSOS OLHOS “ O mundo muda. Ontem, tínhamos uma direita capitalista e uma esquerda socialista. Hoje em dia o mundo é dominado pelos Estados Unidos, e a primeira questão que se coloca é ou de os servir ou de lhes resistir. Como durante a Segunda Guerra mundial encontram-se todas as ideologias ...

O telefonema da Casa Branca ao Palácio do Povo 2

O telefonema da Casa Branca ao Palácio do Povo
Por Assad Frangieh. Panorama de Outubro no Oriente Médio. Após um curto período de otimismo internacional numa saída política imediata para a crise na Síria, os acontecimentos em campo estão desenhando um novo panorama no qual as cartas usadas nas negociações estão se embaralhando. Apesar dos Estados Unidos conduzirem os acontecimentos no Oriente Médio a ...