Sonhos de Trump vs realidade de Trump

Ainda há esperanças! Para muitos apoiadores de Trump, a semana passada foi dolorosa! Por mais que uns tenham reagido com o pânico mais abjeto, ou tenham fingido que nada aconteceu, verdade é que algo aconteceu e foi coisa grande: as Agências de Três Letras saíram-se com um golpe de facto contra Donald Trump, forçando-o a ...

Hassan Nasrallah: Depois de Trump ter assumido o governo dos EUA, pode-se afinal ver a verdadeira cara do governo dos EUA

Sua Eminência Said Hassan Nasrallah, secretário-geral do Hezbollah: “Nem Trump, nem o pai de Trump, nem o avô de Trump…“ 12/2/2017, nos funerais do Xeique Hussein ‘Obaid [excerto, trecho final] Vídeo (ár.), ing. leg. e trad. ao fr. por Said Hasan (aqui trad. do fr. ao port.-Brasil) Último ponto, na 5ª-feira [16/2], se Deus nos ...

Thierry MeyssanTrump : o 11-de-Setembro, já basta!

Donald Trump recusou-se a endossar os tiques presidenciais dos seus antecessores e consagrou o seu discurso de investidura a ridicularizar o Sistema, e a anunciar uma mudança de paradigma. Ele constituiu a sua equipe de Segurança baseado em dois temas: a erradicação do Daesh (E.I.) e a oposição ao 11-de-Setembro; duas características que visam pôr ...

A CIA tem mentido consistentemente ao povo norte-americano, por muitos, muitos anos.

Tenho de concluir que o país não precisa de CIA O presidente eleito Donald Trump está acusando o diretor da CIA John Brennan de ser a fonte de “notícias falsas” sobre ele, essencialmente de acusar nosso novo supremo líder de ser fantoche de Moscou, e acusando-o de participar de festins sexuais à plena vista de ...

Thierry Meyssan: Como o presidente Trump se comunicou para além da “mídia”

Enquanto o nosso “site”, Voltairenet.org, prova que é possível desde há já bastante tempo comunicar, acerca de assuntos políticos, passando para além dos anátemas dos grandes média, Donald Trump envolveu-se na via que abrimos e que muitos outros já encetaram. Para saber novidades da próxima administração norte-americana não vale a pena ler o New York ...

A alternância do poder imperial

Manlio Dinucci A derrota de Hillary é em primeiro lugar a derrota de Obama que, com o campo tomado em seus flancos, vê rejeitada a própria presidência. Conquistada, na campanha eleitoral de 2008, com a promessa que tinha sido apoiada não só por Wall Street mas também por “Main Street”, ou seja, o cidadão médio. ...

E Trump? Será presidente nuclear?

13/10/2016, Pepe Escobar, RT Traduzido por Vila Vudu Donald Trump, que nada tem a perder, bem pode, afinal, estar pronto para a bomba. Não literalmente, é claro. Estamos falando de Guerra Fria 2.0. O ministro das Finanças da Alemanha Frank-Walter Steinmeier está preocupado com o clima entre EUA e Rússia, hoje ainda mais perigoso que ...

Questão Central na Campanha Presidencial nos EUA

27/7/2016, Eric Zuesse, The Vineyard of the Saker Traduzido por Vila Vudu  A questão central na campanha presidencial nos EUA não pode sequer ser discutida na mídia-empresa de ‘noticiário’ nos EUA, porque a mesma mídia-empresa é toda ela, quase uniformemente, cúmplice do crime de ocultar da opinião pública dos EUA a informação factual crucialmente decisiva ...

Estratégia de EUA contra Rússia: É guerra, mas sem declarar guerra

19/6/2016, John Helmer, Dance with Bears Traduzido por Vila Vudu Entre 9 e 12 de agosto de 1941, em respectivos navios de guerra, o presidente dos EUA Franklin Roosevelt (balão ao centro da imagem, à esquerda) e o primeiro-ministro britânico Winston Churchill (idem, à direita) tomaram o rumo de uma baía no Canadá, para reunirem-se e ...

EUA: Democratas, com Hillary, são hoje o Partido da Guerra

8/6/2016, Robert Parry, Consortium News Traduzido por Vila Vudu Com a escolha de Hillary Clinton como sua indicada presuntiva às eleições presidenciais, o Partido Democrata passou a ser um agressivo partido da guerra, depois de ter sido o que se poderia dizer um partido relutante da guerra. Praticamente sem debate, essa virada histórica fecha um ...