Seis projetos contraditórios de ordem mundial

Thierry Meyssan As seis principais potências mundiais abordam a reorganização das relações internacionais em função das suas experiências e dos seus sonhos. Prudentemente, pensam primeiro defender os seus interesses antes de promover a sua visão do mundo. Thierry Meyssan descreve as respectivas posições antes que a luta comece. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 19 ...

Pepe Escobar: Por trás do black terror de Hong Kong

Trabalho de decifrar quem está por trás da violência leva a longa lista de possibilidades 11/10/2019, Pepe Escobar (de Hong Kong), Asia Times “Se queimamos, vocês queimam conosco.” “Autodestruição todos juntos” (Lam chao[1]) Os novos slogans dos black blocs de Hong Kong – gangue em fúria conectada aos camisa-negras que protestam – surgiram pela primeira vez ...

Os Britânicos e a «revolução colorida» em Hong Kong

Rede Voltaire | 11 de Agosto de 2019 Desde a transferência da soberania do Império Britânico para a República Popular da China, Hong Kong é —com Macau— uma das duas Regiões Administrativas Especiais da China. Conforme aos acordos de 1997, Pequim instalou a democracia ocidental em Hong Kong, que jamais a conhecera antes. Pela primeira ...

Guerra de tecnologia e sanções dos EUA terminará por bifurcar a economia global

18/12/2018, Alastair Crooke, Strategic Culture Foundation “A verdadeira razão por trás da guerra ‘comercial’ EUA-China pouco tem a ver com o comércio real (…) O que está realmente à base do conflito de civilizações entre EUA e China (…) são as ambições da China de liderar a tecnologia de próxima geração, como a inteligência artificial ...

« A Arte da Guerra » Russia-China: a Cimeira que não faz notícia

Manlio Dinucci O Fórum Econômico Internacional, em São Petersburgo, mostrou a realização a grande velocidade da “Parceria da Eurásia Alargada”, mencionada pelo Presidente Putin no Fórum Valdai, em 2016, e anunciada pelo Ministro Lavrov na Assembleia Geral da ONU, em 2018. Agora incorporam-se os projectos chineses da “Rota da Seda” e russo da rede de ...

Os Palestinos, os Chineses e os Russos não comparecerão à Conferência de Manama

Rede Voltaire | 5 de Junho de 2019 A China e a Rússia anunciaram que não participarão da conferência de Manama, já boicotada pela Palestina (tanto pela Autoridade Palestina quanto pelo Hamas). Pelo contrário, a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos e o Catar (ou seja, os três maiores doadores árabes) estarão presentes. Nos últimos ...

O Irã encurralado

Thierry Meyssan Os Estados Unidos preparam-se para organizar o «Médio Oriente Alargado» sem  as suas tropas. Eles deverão capitalizar os erros cometidos nos últimos cinco anos pelo Irã para criar uma aliança militar judeu-sunita contra os xiitas, denominada «OTAN Árabe» pela imprensa. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 5 de Fevereiro de 2019 Quando o ...

EUA-China: jogo realmente pesado ainda nem começou

11/5/2019, Pepe Escobar, Asia Times Comecemos pelo “longo” século 16 – o qual, como o século 21, assistiu a um processo turbulento de marquetização. Naquele momento, os Jesuítas e a Contrarreforma tentavam expandir-se pela Ásia, mas num contexto no qual a rivalidade entre as superpotências ibéricas do tempo, Espanha e Portugal, ainda vigia. A Reforma ...

A Nova Grande Estratégia dos Estados Unidos

Thierry Meyssan Muitos pensam que os Estados Unidos estão muito ativos mas que não concretizam grande coisa. Por exemplo, que as suas guerras ao Médio-Oriente Alargado são uma sucessão de fracassos. Mas, para Thierry Meyssan eles têm uma estratégia militar, comercial e diplomática coerente. De acordo com os seus próprios objetivos, ela avança pacientemente e ...

O TPI( Tribunal Penal Internacional) deverá violar a decisão do Conselho de Segurança e inculpar Bashar al-Assad

Thierry Meyssan Julgava-se impossível que o Tribunal Penal Internacional (TPI) julgasse Sírios depois da China e da Rússia terem oposto o seu veto a uma proposta de resolução ocidental nesse sentido. Mas não: um truque jurídico deverá permitir contornar a decisão do Conselho de Segurança. O Tribunal pensa condenar o Presidente Bashar al-Assad, não pelo ...