Síria denuncia Turquia e Arábia Saudita por apoiar o terrorismo

Share Button

Damasco,  (Prensa Latina) O ministro sírio de Informação, Omran Al-Zogbi, denunciou nesta terça (28) os governos da Arábia Saudita e da Turquia por contribuir para a destruição da Síria através do apoio logístico e financeiro que dão às organizações terroristas.

Em uma entrevista concedida à agência iraniana Tasnim e divulgada aqui, Al-Zogbi sublinhou que já não é um segredo para ninguém o grau de vinculação existente entre as organizações terroristas que operam na Síria e os governos da Arábia Saudita e da Turquia.

O Ministro mencionou, em particular, o apoio que estes países dão aos grupos terroristas Estado Islâmico (EI) e Frente Al-Nusra, entre outros agrupamentos armados extremistas.

Criticou, também, a política estadunidense para a região do Oriente Médio e, especificamente, para a Síria, a qual não é positiva em nenhum momento, segundo Al-Zogbi.

“A política norte-americana sempre foi negativa e reflete a natureza do papel dos Estados Unidos em relação ao que ocorre, oferecendo um escudo político às práticas da Arábia Saudita, Turquia e Jordânia na Síria e apoiando e treinando o que chamam de oposição moderada”, disse.

Referiu-se, também, à posição do governo sírio no diálogo conhecido como Genebra III, que acontecerá no próximo mês, recordando que seu país defende a busca de uma solução política ao conflito que iniciou em 2011.

Criticou também a recente formação de uma força militar conjunta árabe, descrevendo esta manobra como um passo para encobrir o papel militar dos Estados Unidos no Oriente Médio.

Share Button

Deixar um comentário