Relatório da Guerra da Síria – Exército Árabe Sírio libertou Al-Bukamal 

Share Button
  • Resultado de imagem para exercito sírio em abu kamal

20/11/2017, The Vineyard of the Saker

Vídeo SouthFront

Dia 19 de novembro, o Exército Árabe Sírio (EAS), o Hezbollah e milícias apoiadas pelo Irã restabeleceram o controle sobre a cidade fronteiriça de al-Bukamal, depois de uma semana de combate intenso contra os terroristas do ISIS que ali estavam implantados. As Forças Aeroespaciais Russas apoiaram ativamente o avanço do Exército Árabe Sírio.

O general Qasem Soleimani do Corpo de Guardas Islamistas Iranianos Revolucionários também foi filmado na cidade. Antes, o canal de TV Al-Mayadeen do Hezbollah havia informado que o general Soleimani comandava toda a completa operação al-Bukamal.

Segundo o setor de informação do Hezbollah na Síria, cerca de 150 membros do ISIS fugiram para al-Bukamal pelo Rio Eufrates. Alguns deles já se sabe que se renderam às chamadas “Forças Democráticas Sírias” (FDS) apoiadas pelos EUA.

No mesmo dia, as Forças Tigre do Exército Árabe Sírio avançaram ainda mais ao longo da margem ocidental do rio Eufrates. Soldados do governo sírio capturaram as vilas de Kashmah e Salihiyah e sitiaram unidades do ISIS na área entre al-Mayadin e Kashmah.

As ‘FDS’ apoiadas pelos EUA capturaram a cidade de Shu’aytat e pontos próximos na margem oriental do Eufrates. Fontes pró-governo sírio informaram que as ‘FDS’ conseguiram o que se viu porque tinham um acordo com membros locais do ISIS, liderados por Abu Talhat al-Mohajer.

Em Hama, no norte, o Exército Árabe Sírio entrou nas vilas de Shakhtir e Abu Dali e Balil Hill, que estiveram sob controle do grupo Hayat Tahrir al-Sham (antes chamada Frente al-Nusra, ramo sírio da al-Qaeda) e seus aliados. A luta ali prossegue intensa.

Fontes pró-Hayat Tahrir al-Sham disseram que militantes destruíram um veículo BMP-1 e um tanque de combate do EAS nos confrontos.

Em Ghouta Leste, perto de Damasco, continuam os confrontos entre o Exército Árabe Sírio e os militantes do grupo Ahrar al-Sham na Base de Veículos Blindados na qual o exército sírio restabeleceu o controle sobre o setor de comando e o setor 446. Assim, o Exército Árabe Sírio já reverteu os principais avanços que os terroristas haviam obtido naquela área.

No sul da Síria, o Exército Árabe Sírio entrou nas cidades de Kafr Hawar, Bayt Sabir, Baytima e estabeleceu controle sobre as cidades. Militantes da Hayat Tahrir al-Sham retiraram-se dessa área, por efeito de protestos das populações locais e da ação do Exército Árabe Sírio.

Israel respondeu às operações do Exército Árabe Sírio com dois ataques por tanques. O primeiro aconteceu dia 18 de novembro. O segundo foi noticiado dia 20 de novembro. Não houve baixas nas tropas do governo sírio. Telavive está muito incomodada por o governo sírio estar restaurando o controle sobre as áreas que haviam sido tomadas por militantes.

Fonte:  SouthFront, in The Vineyard of the Saker

O trabalho de SouthFront não seria possível sem sua ajuda. Contribua:

via PayPal: southfront@list.ru

ou via: http://southfront.org/donate/

ou via: https://www.patreon.com/southfront/

 

Traduzido por Vila Vudu

 

 

 

Share Button

Deixar um comentário