O líder da oposição armada síria rouba US $ 47 milhões de dólares à sua organização 1

Share Button

Segundo vários responsáveis do Exército do Islão (grupo jihadista anteriormente implantado na Ghuta Oriental), o chefe da sua organização, Mohammed Alloush, fugiu depois de ter roubado US $ 47 milhões de dólares à sua organização.

Mohammed Alloush (de frente na foto com Staffan de Mistura) é o primo de Zahran Alloush, fundador do grupo jiadista, morto em Dezembro de 2015. A família Alloush é dirigida pelo avô, um pregador wahhabita refugiado na Arábia Saudita. Ele dispõe de bens importantes no Reino Unido. Apoiado pelos Britânicos e Franceses, Mohammed tornou-se o líder da delegação da oposição às negociações de Genebra. Na Síria, ele ficou conhecido pela sua campanha de assassínio de homossexuais.

Mohammed Alloush teria reinvestido as somas roubadas em comércios na Turquia e na Arábia Saudita.

Tradução
Alva

Share Button

Um comentário sobre “O líder da oposição armada síria rouba US $ 47 milhões de dólares à sua organização

  1. Responder Humberto Luiz Lima de Oliveira maio 12,2018 13:43

    ladrão que rouba ladrão … um dinheiro a menos para fazer o mal na Síria…

Deixar um comentário