Dick Cheney denunciou apoio da Casa Branca aos Irmãos Muçulmanos 1

Share Button

REDE VOLTAIRE  

Falando, a 10 de setembro de 2014, numa reunião à porta fechada diante de congressistas republicanos, depois diante dos membros do American Enterprise Institute, o antigo vice-presidente Dick Cheney questionou a capacidade do presidente Obama para vencer o Emirado Islâmico (E.I.).

Segundo ele, a política de Obama tem consistido em apoiar, por todo o mundo árabe, as pretensões dos Irmãos Muçulmanos, que estão na origem de todos os grupos terroristas.

Até aqui a tentativa, e o fracasso, da Casa Branca em levar, por todo o lado, os Irmãos Muçulmanos ao poder, (a chamada «Primavera Árabe») não tinha sido evocada em Washington. O partido Republicano conta fazer disto tema da sua campanha para as eleições parlamentares, intercalares.

 

Tradução
Alva

Share Button

Um comentário sobre “Dick Cheney denunciou apoio da Casa Branca aos Irmãos Muçulmanos

  1. Responder Alexandre Sousa dez 19,2017 20:40

    O objetivo de Obama nunca foi vencer o daesh. Na verdade ele limpou o caminho para o daesh vencer em todos os lugares em que venceu. A derrota de regimes politicos e sua substituição por grupos terroristas seria uma prova da incompetencia de Obama e eu duvido que eles seja incompetente. Todos sabem o endereço do daesh e ninguem foi bater lá, muito estranho. Ele não são a Alemanha nazista e mesmo esta foi derrotada. Não acredito que o chefe do daesh seja melhor que Hitler, mas parece que tem todo o apoio. Podiam bloquear todos os recursos do daesh, mas parece que não querem fazer isso. Trump devia colocar homens competentes para combater o daesh e dar carta branca.

Deixar um comentário