PARTICIPAÇÃO DA OTAN E DA UNIÃO EUROPEIA NO TERRORISMO- Como a Bulgária forneceu drogas e armas à Al-Qaeda e ao Daesh

Thierry Meyssan Mesmo os melhores segredos têm um fim. O cartel mafioso que governa a Bulgária foi preso enquanto fornecia, a pedido da CIA, drogas e armas à al-Qaeda e ao Daesh (E.I.), ao mesmo tempo na Líbia e na Síria. O assunto é tanto mais grave quanto a Bulgária é membro da Otan e ...

Síria, 2015: Não é “guerra civil”. E os que lutam contra o governo sírio eleito não são “oposição” 1

28/12/2015, Ulson Gunnar, New Eastern Outlook, NEO   Traduzido por Vila Vudu “Se o conflito sírio foi criado por interesses externos que alimentaram e armaram grupos militantes, e há décadas vem sendo usado como instrumento para executar uma determinada política externa (dentro e fora da Síria) de terceiros –, o que caracteriza exatamente uma invasão ...

” Estado Islâmico” está encolhendo e outras notícias 1

  27/12/2015, Moon of Alabama Traduzido por Vila Vudu Apenas alguns fragmentos de notícias novas sobre Síria/Iraque. A morte de Zahran Alloush, terrorista e líder insurgente salafista sectário doentio foi pranteada pelo Conselho Sírio Islâmico financiado pela Turquia, pelo Exército Sírio Livre e afiliados financiados pelos EUA, por Riad_Hijab ex primeiro-ministro sírio que desertou e ...

Império do Caos prepara-se para mais fogos de artifício em 2016

24/12/2015, Pepe Escobar, RT Traduzido por Vila Vudu Em seu seminal ‘Fall of Rome: And the End of Civilization,’ Bryan Ward-Perkins[1] escreve: “os romanos antes da queda viviam tão certos de que o mundo deles duraria para sempre, como nós hoje… Estavam errados. Bem faremos se não repetirmos a complacência deles.” O Império do Caos, ...

Petroimperialismo- O fenômeno do extremismo petroislamista

16/12/2015, Nauman Sadiq,[1] The Vineyard of the Saker “Religião pode ter sido fator determinante em tempos passados, se tanto; mas a política contemporânea só tem a ver, exclusivamente, com poder e economia: empresas ocidentais governam o mundo; e política e diplomacia existem para proteger o comércio e os negócios de energia do Império-Empresa. Assim, a ...

Atentados de 13/11: Em questão a política e o futuro da França

4/12/2015, Youssef Hindi, Geopolintel, França “Essa é a base da estratégia contra-atlanticista a ser estabelecida. Não esqueçamos que a geopolítica determina a política interna, não o contrário.” _________________________________________________ Haverá, na origem dos atentados, a questão de a França render-se ao campo atlanticista? Uma coisa é certa: a França não foi atingida pelo terrorismo por revide ...

Operação sob falsa bandeira: Como o Catar preparou o bombardeio de um acampamento do Exército Sírio

Andrey Fomin* Enquanto os aviões da Coalizão internacional bombardearam um acampamento do Exército Árabe Sírio, a 6 de dezembro, os Ciber-Berkut ucranianos tornaram público novos documentos. Eles mostram que o Catar comprou bombas de fabrico russo na Ucrânia, de modo a poder acusar a Rússia. REDE VOLTAIRE | MOSCOU (RÚSSIA) | 13 DE DEZEMBRO DE ...

Destruir a Síria para criar um Sunistão

9/12/2015, Mike Whitney, Counterpunch Tradução Vila Vudu Mapa impressionante do império do ISIS/ISIL/Daesh/Estado Islâmico (dica de Pepe Escobar, no Facebook) ____________________________________ Qual a conexão entre os EUA bombardearem uma base militar síria em Ayyash, Síria, e a invasão turca no norte do Iraque? Parecem ser eventos isolados, mas são parte de um plano maior para ...

Presidente Vladimir Putin: Terrorismo internacional e Turquia

Conferência de imprensa e P & R, depois da reunião com o pres. da França, François Hollande, 26/11/2015 transcrição do Kremlin (trad. ao fr. Salah Lamrani) Tradução Vila Vudu Vladimir Putin, presidente da Rússia: Senhoras e senhores, boa-noite.Tivemos negociações substanciais com o presidente francês, conduzidas de modo construtivo e baseadas numa relação de confiança. Naturalmente, ...

O “ocidente” nunca atacará o ISIS onde mais dói 1

24/11/2015, Tony Cartalucci, New Eastern Outlook Tradução Vila Vudú Logo no dia seguinte dos ataques em Paris, o ‘ocidente’ tentou alavancar o que esperava que viesse a ser um renovado clamor público por mais e mais guerra longe de casa. Com esse objetivo, EUA e Turquia anunciaram uma operação que visaria a ‘securitizar’ os últimos ...