Grande Muralha de Ferro contra Nova Rota da Seda?

16/3/2017, Pepe Escobar, Asia Times Traduzido por Vila Vudu Quando o zum-zum em torno do encontro Trump-Xi converter-se numa Mar-a-Lago em campo mês que vem, os dois presidentes terão de concordar integralmente em pelo menos uma questão: “o terror islâmico radical” – na terminologia trumpeana. Donald Trump aposta suas fichas num “banimento sem banir” que ...

Rússia e China unem-se contra a gangue do ouro de Washington

3/3/2017, Stewart Dougherty,* Gold Seek Traduzido por Vila Vudu “Essa oferta-surpresa [de ouro físico] veio, principalmente, de bancos centrais soberanos: por exemplo, 1.500 toneladas métricas, de um país que um dia teve dinheiro forte, a Suíça; 600, da França; France; 430 do Reino Unido (a maior parte, ao preço absolutamente mais baixo do mercado [ing. ...

Thierry Meyssan: Pode a Turquia bascular para o campo russo ? 1

Mesmo se a Rússia historicamente tem um passado pesado com a Turquia, e mesmo se ela se recorda do papel pessoal do atual Presidente Erdoğan contra si, aquando da primeira guerra da Tchechénia, ela, só pode estar interessada numa eventual saída de Ancara da OTAN. Pelo contrário, o Estado profundo dos E.U., que prossegue a ...

Thierry Meyssan : Dois mundos distintos

Quando de uma importantíssima reunião do Conselho de Segurança —passada em silêncio pela imprensa ocidental—, a 28 de Outubro, os Estados Unidos opuseram-se a que a ONU coopere com as organizações regionais compreendendo a Rússia, e de fato a China. Recusando cooperar com outros, e portanto admitir que estes outros sejam parceiros iguais, Washington tomou ...

‘Se BRICS renunciarem ao dólar isso pode levar a consequências geopolíticas catastróficas’ 1

O potencial econômico dos chamados países emergentes não está esgotado, afirma o especialista alemão em finanças Ernst Wolff em entrevista à Sputnik Alemanha. Os países dos BRICS – o Brasil, a Rússia, China, Índia e África do Sul – já são atores sérios na economia global. Consequentemente, o dólar está sob pressão. As consequências geopolíticas ...

Tabuleiro quebrado: Brzezinski entrega o Império 2

  25/8/2016, Mike Whitney, Counterpunch Traduzido por Vila Vudu Dos Comentários, em Unz Review: “A única coisa que me intriga é que Mr. B esteja dizendo tudo isso publicamente. Por quê? Essa gente jamais diz publicamente o que já não tenha vendido mil vezes ‘em sigilo’. Fala agora, provavelmente, porque os EUA já não têm ...

Estratégia russo-iraniana muda o jogo

21/8/2016, Pepe Escobar, Strategic Culture Foundation Traduzido por Vila Vudu Os bombardeiros russos Tu-22M3 Backfire – além dos jatos Sukhoi-34 – decolam do campo de pouso iraniano em Hamadan para bombardear jihadistas e sortimento variado de “rebeldes moderados” na Síria, e imediatamente nos vemos diante de movimento geopolítico da mais alta importância, não previsto, que ...

Das palavras aos atos: Eixo Teerã-Pequim-Moscou muda tudo

No espaço de apenas uns poucos dias, a situação no Oriente Médio em geral e na Síria em especial passou por mudanças radicais. Mais importante, são boas mudanças, das quais podemos nos orgulhar, daquelas que fazem muita gente no Pentágono perder o sono. Putin está extraindo completa vantagem da paralisia institucional em que os EUA ...

Putin dá luz verde aos economistas nacional-desenvolvimentistas que resistem contra as políticas globalistas neoliberais

Depois de mais de dois anos de crescimento econômico cada vez menos satisfatório e com a economia lutando contra taxas de juros de 10,5% do banco central, que tornam virtualmente impossível que novos créditos estimulem o crescimento, o presidente russo Vladimir Putin afinal rompeu um impasse interno, entre dois blocos de especialistas. 2/8/2016, F. William ...

A nova política estrangeira britânica

A imprensa ocidental não cessa de o repetir: ao deixar a União Europeia, os Britânicos isolaram-se do resto do mundo e deverão enfrentar terríveis consequências econômicas. Ora, a baixa do valor da Libra poderá ser uma vantagem no seio da Commonwealth, uma família mais vasta que a União e presente nos seis continentes. Pragmática, a ...