Tirem as mãos sujas do Líbano

Tirem as mãos sujas do Líbano
Por José Farhat. O Tribunal Especial para o Líbano, quem diria, volta a mostrar serviço neste janeiro de 2014. O Tribunal Especial para o Líbano foi criado tendenciosamente, como os fatos estão comprovando, com o objetivo de inculpar a Síria, o Irã e o Hizbullah pela morte de Rafic Hariri. A primeira prova disto é ...

A trincheira dos Exércitos Libanês, Sírio e Egípcio 4

A trincheira dos Exércitos Libanês, Sírio e Egípcio
Por Assad Frangieh. O Exército Egípcio conta com 468 mil militares, um milhão de reservistas sendo a maior infantaria da África e do Oriente Médio. Possui  aproximadamente 4.200 tanques, 11 mil carros de combates e anfíbios e outros 10 mil carros de transporte e de logística. A Força Aérea conta com 220 aviões F16 Falcon ...

Entrevista do Pres. Assad à Ag. France Press 2

Entrevista do Pres. Assad à Ag. France Press
Entrevista realizada dia 21/01- traduzida pelo pessoal do Vila Vudu de sua versão em inglês. AFP: Sr. Presidente, o que o senhor espera da Conferência Genebra-2? Presidente Assad: O elemento mais básico, ao qual nos referimos continuamente, é que a Conferência de Genebra produza resultados claros no que diz respeito à luta contra o terrorismo na Síria. ...

O discurso da Síria em Genebra 2 6

O discurso da Síria em Genebra 2
Discurso do vice-primeiro-ministro da Síria e ministro do Exterior e Expatriados, Walid al-Moallem, à ‘Conferência Genebra-2’, em Montreux, Suíça – publicado na Agência SANA – Tradução final Vila Vudu. Senhoras e Senhores, Falo-lhes em nome da República Árabe Síria, REPÚBLICA – estado civil que alguns, aqui nessa sala, tentaram empurrar de volta à idade média; ÁRABE – orgulhosa ...

Um filme libanês para refletir: Noites Sem Dormir

Um filme libanês para refletir: Noites Sem Dormir
Por Luciana Garcia*.  Será que é possível uma mãe que tem um filho ainda desaparecido conseguir reconciliar-se com um dos responsáveis pelo desaparecimento em nome da paz? Esse é só um dos dilemas apontados no documentário“Noites Sem Dormir” (Sleepless Nights) da diretora libanesa Eliane Raheb e do palestino Nizar Hassan, documentário pela qual foi apresentada uma ...

O chefe manda, os súditos obedecem.

O chefe manda, os súditos obedecem.
Por Nidal Hamade.* Traduzido pelo Oriente Mídia. O site Al-Manar publica a ata da reunião do ex-embaixador americano na Síria Robert Ford, com os membros da “Coalizão da Oposição Síria” em Istambul. Após publicar em seu site detalhes de uma discussão verbal que ocorreu entre o ministro do Exterior do Catar Khalid Al-Attiyah e o chefe ...

Por que Sharon é um criminoso de guerra

Por que Sharon é um criminoso de guerra
Por Dr. Ben Alofs – Media monitors Networks – escrito em 6 de junho de 2001. Sou um médico holandês, vivendo atualmente no norte do País de Gales. No verão de 1982 eu trabalhava como enfermeiro em Beirute Ocidental que, à época, estava sob sítio do exército israelense. O negociador americano Philip Habib tinha intermediado um acordo ...

Como será 2014?

Como será 2014?
Por Assad Frangieh. Apesar de 2013 ter sido um ano caracterizado principalmente pelo ressurgimento da multipolaridade, 2014 será o ano que o Urso Russo rugirá mais alto. Acordou na Geórgia em 2008, se revelou na Síria em 2013, em provocação atual na Ucrânia e cutucado agora em seu próprio território. Após os dois atos suicidas ...

As muitas faces da ira saudita

As muitas faces da ira saudita
Por MK Bhadrakumar, Strategic Culture. Na  última quinzena, a Arábia Saudita elevou muito o tom de sua retórica para manifestar fúria contra as políticas regionais dos EUA no Oriente Médio, especialmente para Síria e Irã. Semana passada, o tom chegou a picos altíssimos, com duas figuras chaves do regime saudita alternadamente satirizando e ameaçando o ...

Arco da Segurança no O.M. contra o Terror

Arco da Segurança no O.M. contra o Terror
Por Sharmine Narwani, Al-Akbar, Líbano. Muitos observadores acertam, ao perceber que está em andamento outra mudança sísmica no Oriente Médio, a qual – com a destruição dos arsenais químicos da Síria, negociada com intermediação dos russos; uma reaproximação EUA-Irã; a queda na importância estratégica de Arábia Saudita e Israel; e a retirada dos EUA do Afeganistão ...