Carta aberta à FIFA pede expulsão de Israel 1

Share Button

Fonte Sanaúd

6gziEIgj

CARTA ABERTA À FIFA E AOS DELEGADOS DO SEU 64º CONGRESSO

Os árabes e seus descendentes no Brasil somam mais de 12 milhões, é uma comunidade ativa e que contribui desde o fim do século 18 para o progresso e desenvolvimento do Brasil. Essa laboriosa comunidade, integrada em todos os setores da sociedade civil brasileira, é solidária e apoia o direito nacional do povo palestino em estabelecer seu estado livre e independente conforme as resoluções da ONU e do Direito Internacional.

O Brasil e mais de 130 países reconhecem o Estado da Palestina e o povo brasileiro oferece demonstrações constantes de sua solidariedade com o povo palestino.

É inadmissível que a Palestina continue sob ocupação militar de Israel. É inadmissível que o esporte mais popular do mundo, que transmite valores de cooperação, paz e convivência pacifica entre os povos, seja vítima dessa ocupação militar. O povo palestino, o futebol palestino e seus atletas não devem ser vítimas da ocupação israelense!

A Delegação da Federação Palestina de Futebol chegou ao Brasil para participar do 64º do Congresso da FIFA em São Paulo (dias 10 e 11 de junho em São Paulo), tendo a frente o seu Presidente Jibril Rajub e jogadores da Seleção Palestina de Futebol.

A Delegação palestina irá fazer um relato aos delegados do Congresso sobre as infrações, transgressões e violações que Israel comete em relação aos direitos humanos, tais como o uso de armas de fogo para ferir gravemente os atletas, o bombardeio a centros esportivos, as detenções arbitrárias, as humilhações em postos de controle militar e a interrupção de jogos e treinos à força.

Por essa vergonhosa, ilegal e brutal ação que Israel comete com o futebol da Palestina e seus atletas é que solicitamos ao Presidente da FIFA, Senhor Joseph S. Blatter, aos seus Diretores e aos delegados do 64º Congresso que:

1-      Escutem e apreciem com a devida atenção a Delegação Palestina presente ao Congresso que apresentará um relato sobre as violações israelenses;

2-      Envidem os esforços necessários, de acordo com o regimento interno da FIFA e seus estatutos, para que Israel seja devidamente punida pelas violações que comete.

Não ficaríamos surpresos caso a punição seja a IMPUGNAÇÃO DE ISRAEL DOS QUADROS DA FIFA.

Assinam:

Aziz Jarjour – Presidente da FEARAB BRASIL – Federação de Entidades Árabes do Brasil

Elayyan Aladdin – Presidente da FEPAL – Federação Árabe Palestina do Brasil

 
Share Button

Um comentário sobre “Carta aberta à FIFA pede expulsão de Israel

  1. Responder shalon jun 10,2014 23:14

    Que loucura que voces estao pedindo que discriminaçao e essa essa e a tolerancia arabe terra de israel e de israel e sera sempre de israel viva israel que o eterno abençoe israel se no eventual o assim chamado estado palestino vier a concretizar sera que os arabes israelense vai querer morar nesse estado eu acho que nao um estado governado pelo hamas e mesma coisa de um estado nazista e melhor ficar em israel onde ate os prisoneiros sao tratados com dignidade

Deixar um comentário