Acusações infundadas: quem realmente utiliza armas químicas na Síria? 5

Share Button

Oposicionistas sírios acusaram o exército nacional da utilização de armas químicas não apresentando nenhumas provas disso. Mas será que os países ocidentais não necessitam de provas?

O exército nacional sírio nunca utilizou e não vai utilizar substâncias tóxicas, segundo diz o texto do comunicado do comando militar sobre as acusações por parte da oposição armada de utilização das armas químicas na província de Idlib. O comando do exército sírio lembrou que os grupos terroristas armados acusam Damasco da utilização de armas químicas quando não conseguem alcançar objetivos “no terreno”.

Mas será que existe alguém que acredita na informação de Damasco no Ocidente? Paris, logo após ter ouvido sobre o ataque da oposição síria, começou exigindo uma reunião urgente do Conselho da Segurança da ONU, que foi como resultado marcada para o dia 5 de abril. O secretariado da organização internacional expressou inquietação, mas eles ainda não conseguiram verificar a informação e perceber se houve realmente um ataque, comunicou sobre isso o representante do secretário-geral.

Fonte Sputnik

 

Syrian-rebels-chemical-weapons

Share Button

5 thoughts on “Acusações infundadas: quem realmente utiliza armas químicas na Síria?

  1. Responder Ramez abr 5,2017 13:23

    As mesmas mentiras usadas contra Saddam Hussein sobre o suposto uso de armas químicas contra sua própria população (“os curdos”) agora são usadas contra Bashar al-Assad, não por coincidência, ambos líderes árabes são ba’athistas. Portanto, as guerras contra Iraque e a Síria são contra o Ba’ath.

  2. Responder Marco abr 5,2017 22:12

    Mas são situações completamente diferentes. Se o Ocidente quisesse usar esse pretexto para tomar Damasco já o teria feito antes. Essa história está muito mal contada.

    • Responder Natalia Forcat abr 6,2017 8:53

      Marco, você está dizendo que Ocidente não tentou tomar Damasco antes? Acredito que esteja muito mal informado. Ocidente só não tomou Damasco por causa da intervenção russa.

  3. Responder Marco abr 6,2017 23:16

    Natalia, não fale bobeira. Essa guerra existe hâ mais 10 anos. A Russia entrou agora. Se o objetivo fosse invadir o território sírio como fizeram no Iraque já teriam feito. Essa é uma guerra por procuração, totalmente diferente do que foi no Iraque.

  4. Responder JONATHAN abr 7,2017 13:49

    Normalmente não me meto nos comentários alheios mas diante de tanta patifaria tenho que fazê-lô.
    1.O exército sírio nunca usou armas quimicas nem nas piores batalhas já travadas com o DAESH.

    2. Qual o objetivo de utilizar armas quimicas para matar pessoas aleatórias, haja vista que com o apoio dos aviões russos, podem acertar os depósitos de armas e instalações terroristas com extrema efetividade como vem sendo realizada.

    3. Esta guerra com a intromissão dos EUA não tem 10 anos e sim 5 anos.

    4 e ultimo. os EUA e Turquia já utilizaram inúmeros ataques de falsa bandeira. O mais recente deste golpe midiático para justificar a invasão americana em um território soberano (mais uma vez) é o documentário White Helmets, ganhador do Oscar, que afirma em todos os ataques que são bombas sírias, aviões sírios mas inúmeras fotos (vide Ocafezinho) comprovam que eles são mercenários, inclusive de capacetes brancos e balançando bandeira do ISIS.

    sem mais.

Deixar um comentário