Obama aprova orçamento militar para 2017 com aumento de investimentos na Síria e Ucrânia

Obama aprova orçamento militar para 2017 com aumento de investimentos na Síria e Ucrânia
O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou na última sexta-feira (23) a Lei de Autorização de Defesa Nacional (National Defense Authorization Act), que estabelece o orçamento do Departamento de Defesa dos EUA para o ano de 2017. por Pedro Marin– Revista Ópera Aprovada no Congresso no dia 14 de dezembro, a lei autoriza o investimento de 619 ...

A Terceira Guerra Mundial ou o preço da descida ?

Thierry Meyssan Washington tenta manter as suas posições sem ter que desencadear a Terceira Guerra Mundial. Mas a aposta parece impossível de manter. Moscou oferece-lhe uma porta de saída na Síria e no Iêmen. Mas, caso os Estados Unidos escolhessem essa via teriam que abandonar alguns dos seus aliados. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | ...

Opções militares russas na Síria e na Ucrânia

Opções militares russas na Síria e na Ucrânia
As duas últimas semanas foram pródigas em desenvolvimentos militares que afetam diretamente a Rússia: Síria: 1) A Rússia anunciou que converterá o campo de pouso Khmeimim em base militar completa, com força tarefa permanentemente alocada. 2) Rússia deslocará seu pesado transporte de aviões armado com mísseis cruzadores (que o ocidente frequentemente chama de “aircraft carrier“) ...

O crepúsculo da Otan

 A história da Otan e as suas ações atuais permitem compreender como o Ocidente construiu as suas mentiras e porquê está agora refém delas. Os elementos contidos neste artigo são chocantes, mas é impossível desmentir os fatos. Quando muito podem-se agarrar às mentiras e persistir em manter-se nelas. Thierry Meyssan Rede Voltaire | Damasco (Síria) ...

Estratégia do golpe global 1

Manlio Dinucci REDE VOLTAIRE | ROMA (ITÁLIA) | 30 DE MAIO DE 2016 Que ligação existe entre entre sociedades geográfica, histórica e culturalmente distantes, do Kosovo à Líbia e a Síria, do Iraque ao Afeganistão, da Ucrânia ao Brasil e a Venezuela? O traço comum é serem sociedades arrastadas à estratégia global dos Estados Unidos, ...

E por que uma “Nova Guerra Fria”? 1

19/2/2016, Pepe Escobar, Strategic Culture Foundation Traduzido por Vila Vudu “Às vezes me pergunto se estamos em 2016, ou se continuamos em 1962” – disse o primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev a 60 ministros de Relações Exteriores e Defesa, na 52ª Conferência de Segurança de Munique, sábado passado, e de modo algum foi novidade. Medvedev chamou ...

Presidente Vladimir Putin, entrevista ao BILD

11/1/2016, Socchi, Rússia (publicada em duas partes) Nikolaus Blome (ed.-chefe), Kai Diekmann (publisher) e Daniel Biskup (fotos) Tradução Vila Vudu ______________________________________ “Fronteiras e territórios nacionais não são o mais importante“ [1ª. parte: Socchi 11/1/2016] BILD: Sr. presidente, há 25 anos, celebramos o fim da Guerra Fria. Agora tivemos um ano de mais crises e guerra ...

Quem comercializa o petróleo roubado pelo Daesh?

REDE VOLTAIRE | 18 DE DEZEMBRO DE 2015 No seguimento das provas fornecidas pelo Estado-maior russo atestando a implicação do Estado turco na comercialização de petróleo roubado pelo Daesh [1], as autoridades maltesas iniciaram uma investigação sobre os barcos do grupo BMZ, de Necmettin Bilal Erdoğan, que arvoram todos o pavilhão maltês. Parece que esses navios ...

A Rússia em uma guerra invisível 1

Rostislav Ischenko Como poderia a Rússia, em apenas 20 anos, sem guerras ou outras perturbações, erguer-se de uma posição de meia-colônia a uma reconhecida posição de líder mundial, de igual entre as mais altas? REDE VOLTAIRE | MOSCOU (RÚSSIA) | 28 DE DEZEMBRO DE 2015 “Estrategistas” abrangentes [do inglês ‘kitchen ‘strategists’’; uma alusão à expressão ...

Putin e Israel: Relação complexa, em vários planos 2

23/12/2015, The Saker, The Vineyard de the Saker http://thesaker.is/putin-and-israel-a-complex-and-multi-layered-relationship/ Traduzido por Vila Vudu “Assim como entre 1917 e 1939, também entre 1991 e 1999 havia russos judeus em todos os postos chaves do poder na Rússia. (…) A grande diferença é que, se no início do século 20 os russos judeus que controlavam o poder ...