Livro: “Sob os nossos olhos” De 11-de-Setembro a Donald Trump (6/25)

Primeiros reveses dos Irmãos Muçulmanos Thierry Meyssan Prosseguimos a publicação do livro de Thierry Meyssan, «Sous nos yeux» (Sob os Nossos Olhos). A sorte dos acontecimentos dá uma volta neste episódio. O Presidente Americano-Egípcio Mohamed Morsi é derrubado no seguimento de manifestações monstras, enquanto que a tomada de Damas falha. Rede Voltaire | Damasco (Síria) ...

Livro: “Sob os nossos olhos” De 11-de-Setembro a Donald Trump (5/25)

Os Irmãos Muçulmanos como membros do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca Thierry Meyssan Nós prosseguimos a publicação do livro de Thierry Meyssan, «Sous nos yeux» (Sob os Nossos Olhos). Neste episódio, ele regressa ao primeiro semestre de 2011 no decurso do qual, apoiados pelos Estados Unidos e o Reino Unido, os Irmãos Muçulmanos ...

Porque Washington faz pressão sobre a Jordânia ?

Thierry Meyssan As manifestações jordanas marcam um novo episódio da primavera árabe ou, pelo contrário, exercem pressão sobre o Rei Abdallah II tendo em vista a sua aceitação do plano EUA para a Palestina ? Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 12 de Junho de 2018 No início de Junho, a Jordânia foi sacudida por ...

“Democracia” fake ou Agressão mascarada de guerras civis

Thierry Meyssan Se quisermos recuar um pouco, constataremos que os diferentes conflitos que ensanguentaram nos últimos dezesseis anos todo o Médio-Oriente Alargado, do Afeganistão à Líbia, não foram uma sucessão de guerras civis, mas, sim a aplicação de estratégias regionais. Lembrando os objetivos e as tácticas destas guerras desde a «Primavera Árabe», Thierry Meyssan descreve ...

E, de repente, um vilarejo no Marrocos vira… uma nova “primavera”

E, de repente, um vilarejo no Marrocos vira... uma nova
Por Babel Hajjar, especial para o Orientemidia Al Hoceima é um vilarejo costeiro de menos de 60 mil habitantes no Marrocos. Como muitos lugares no mundo, é um local carente de infra-estrutura básica e que passa por dificuldades econômicas, já que a pesca, atividade principal da cidade, vem trazendo resultados cada vez menos satisfatórios nos ...

A NED, vitrina legal da CIA 1

Thierry Meyssan Desde há 30 anos, a National Endowment for Democracy (NED) sub-contrata a parte legal das operações ilegais da CIA. Sem levantar suspeitas, ela colocou em funcionamento a mais vasta rede de corrupção do mundo, comprando sindicatos operários e patronais, partidos políticos de esquerda e de direita, para que defendam os interesses dos Estados ...

Thierry Meyssan: Não haverá 3º Guerra Mundial

Thierry Meyssan Os falcões liberais e os neo-conservadores não conseguiram provocar o confronto com a Rússia para o qual eles tinham sido preparados durante a Guerra Fria. Definitivamente prevaleceu a voz da razão. Enquanto se negocia discretamente uma saída para a crise ucraniana, a Rússia e a China aprestam-se a convencer os Estados Unidos e ...

Os jihadistas ao serviço do imperialismo

Thierry Meyssan Os governos ocidentais já não fazem segredo sobre a utilização dos jiadistas. Foi assim que a Otan derrubou Mouamar el-Kadhafi utilizando, para tal, a al-Qaida como única infantaria no terreno ; Israel afastou a Força das Nações Unidas no Golã e substituiu-a pela al-Nusra ; a Coligação internacional anti-Daesh deixou cair Palmira para ...

Patriarca Kirill: atuação do Estado Islâmico leva à demonização do Islã

Foto: RIA Novosti/Sergey Pyatakov Foto de arquivo. Patriarca Kirill A atuação de grupos radicais como o Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria visa demonizar o Islã aos olhos da opinião pública mundial, disse o patriarca Kirill da Igreja Ortodoxa Russa, numa reunião com o presidente do Departamento de Assuntos Religiosos da Turquia, Mehmet ...

John McCain, chefe de orquestra da ” primavera árabe”, e o califa 1

Thierry Meyssan Tradução: Alva Todos notaram a contradição dos que qualificavam, recentemente, os membros do Emirado islâmico como «combatentes da liberdade» na Síria, e se indignam hoje com as suas barbaridades no Iraque. Mas, se este discurso é incoerente em si, ele é perfeitamente lógico no plano estratégico: os mesmos indivíduos que sendo, ontem, apresentados ...