Livro: “Sob os nossos olhos” Do 11 de Setembro a Donald Trump (8/25)

A agonia da política estrangeira francesa Thierry Meyssan Prosseguimos a publicação do livro de Thierry Meyssan, Sous nos yeux. Iniciamos a segunda parte sobre a política francesa com, neste episódio, a entrada em cena de Jacques Chirac e de Nicolas Sarkozy. Progressivamente as pequenas ofertas vão transformar a política estrangeira de Paris de serviço à ...

Exposição em Paris recupera 2 mil anos de presença cristã no Oriente, apesar da perseguição

Por Márcia Bechara Será que os cristãos sempre foram perseguidos no Oriente Médio? Uma exposição no renomado Instituto do Mundo Árabe de Paris recuperou peças e depoimentos milenares para reconstituir o quebra-cabeça histórico e retraçar a presença do Cristianismo na região. A mostra “Cristãos do Oriente – Dois Mil Anos de História” foi inaugurada no ...

A Conferência de Paz em Paris foi completamente inútil: todos sabem que sabem que se tornou impossível a Solução dos Dois Estados para Israelenses e Palestinos .

Robert Fisk, The Independent (UK) 16/01/2017 Tradução livre Abu Hana Cairus Trump não enviou ninguém. Netanyahu chamou o evento de “o ultimo espasmo do mundo que acabou”, o autocrático Mahmoud Abbas nem se incomodou em aparecer e Theresa May, a secretaria britânica de estado para trapalhadas, se contentou em mandar um bando de funcionários subalternos. ...

Sangue inocente para mais sangue

26/11/2015, Umberto Mazzei,* O Diário (orig. esp. Alainet) Tradução Vila Vudu Os trágicos atentados do ISIS em Paris tiveram a atenção dos veículos da imprensa-empresa que sem dúvida merecem, mas evita-se aludir aos bombardeamentos franceses na Líbia, Iraque e Síria ou à intervenção francesa no Mali e África Central. Silêncio mediático sobre o apoio militar, ...

Ataques em Paris- quem se beneficia?

16/11/2015, Pepe Escobar, Asia Times Tradução Vila Vudu Até o muito sombrio dia em que os “soldados do Califato” atacaram a “capital da abominação e perversões” – como o ISIS/ISIL/Daich descreve seus ataques em Paris –, o presidente francês François Hollande e seu insuportável primeiro-ministro Laurent Fabius, o Farsante, só faziam repetir e repetir: Assad ...

Que Paris não lhes sirva de pretexto!

14/11/2015, Workers World   Tradução Vila Vudu Contando só catástrofes recentes, nosso Workers World chora a perda trágica das 30 pessoas assassinadas pelos EUA em ataques aéreos contra um hospital de caridade no Afeganistão; dos 224 passageiros e tripulação russos assassinados no avião explodido sobre o Egito; dos 102 assassinados em ataque contra manifestação pacífica ...

Putin, sobre a tragédia de Paris: ” É preciso saber quem movimenta os fantoches”

16/11/2015, orig. al. German Economic News, ing. Russia Insider[1] Tradução Vila Vudu Putin quer investigação real, mas o establishment ‘ocidental’ já decidiu que uso dar aos cadáveres. _______________________________ Os ataques em Paris podem levar a massiva operação militar da OTAN na Síria. Muito logicamente, o presidente Putin pergunta hoje quem movimenta os fantoches. A pergunta ...

Quem ganha com o massacre em Paris? 2

14/11/2015, 12h (hor. Br.) Pepe Escobar, Facebook Tradução Vila Vudu Nada prova que tenha sido operação de falsa bandeira, pelo menos por enquanto. O que parece confirmar-se é que ISIS/ISIL/Daesh/Estado Islâmico fez trabalho de profissional, em conexão com felásdaputa hiper-profissionais. Revisando pilhas de depoimentos, dei com uma descrição feita por um dinamarquês, de um dos ...

Terrorismo de Estado (francês?)

  14/11/2015 Tony Cartalucci, Strategic Culture “Literalmente até 6ª-feira, o generalíssimo Hollande e Fabius, o farsante, só faziam repetir ‘Assad must go’. Para o Eliseu, Assad = Daesh” [15/11/2015, Pepe Escobar, 21h (hor. BSB), pelo Facebook]. Notícias falam de ataque terrorista sem precedentes em Paris, com mais de 150 mortos, muitos feridos e todos impressionadíssimos ...

Sayyed Hassan Nasrallah, do Hezbollah- Sobre os bombardeios em Beirute e em Paris

  15/11/2015, The Saker, Vineyard of the Saker (Vídeo legendado em inglês) O secretário-geral do movimento da Resistência Libanesa Hezbollah disse que que os que apoiaram o ISIL/ISIS/Daesh estão agora descobrindo a extensão da brutalidade deles. Sayyed Hassan Nasrallah condenou os ataques terroristas em Paris e expressou sua solidariedade ao povo francês. Condenou também os ...