Nos 71 anos da catástrofe contínua, a Palestina resiste para não desaparecer

15/05/2019 Seria lógico afirmar que os direitos nacionais do povo palestino nunca estiveram tão ameaçados. Trump reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, a Lei do Estado-Nação desvelou o apartheid a quem ainda não o via, Netanyahu foi reeleito prometendo mais colônias e as potências seguem negligentes diante do asfixiante cerco a Gaza e dos crimes cotidianos ...

Palestina: Tragédia e Retorno

Salem H. Nasser explica o que você precisa saber sobre o confronto mais recente Todo mundo sempre soube que havia palestinos na Palestina. Os primeiros sionistas, seculares, quando pegaram carona na promessa bíblica e escolheram a Palestina para construir o lar do povo judeu, sabiam que ali havia mais de meio milhão de palestinos muçulmanos, ...

Safatle: Israel decide ter “direito” de matar

 – O filósofo Vladimir Safatle escreve em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo que o governo de Israel transformou o assassinato de palestinos em uma espécie de “direito natural” seu, a pretexto de autodefesa. “De fato, matar um palestino parece que se transformou em uma espécie de direito natural do governo israelense em ...

Sexta-feira Santa sangrenta na Palestina ocupada

Passados quase 2 mil anos de um dos crimes mais abomináveis da história, senão o mais abominável, a crucificação e morte de Jesus Cristo, em Jerusalém, capital eterna da Palestina, novamente a Terra Santa é banhada em sangue inocente, desta vez de dezenas de mortos e centenas de feridos palestinos na sitiada Gaza, cujo “crime” ...

Sobre Jerusalém: Carta aberta ao ex- Ministro da Justiça 2

Sobre Jerusalém:  Carta aberta ao ex- Ministro da Justiça
  Em um artigo publicado na Folha de São Paulo, em 11/12/2017, página A3, Tendências e Debates, o ex-Ministro da Justiça do Brasil, o israelense Milton Seligman, comentou a decisão de Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel. Há vários pontos no artigo que merecem análise: 1º. O autor escreve “O reconhecimento pelos Estados ...

Política dos EUA para o Oriente Médio promoveu o Irã no Iraque e na Síria: hora de EUA saírem de lá  1

23/10/2017, Elijah J. Magnier Blog Traduzido por Vila Vudu Primeiro caiu Mosul, capital iraquiana não declarada do ‘Estado Islâmico’ [ing. ISIS]. E agora Raqqah, capital do Califato sírio, foi libertada – embora esteja quase totalmente destruída. Os jatos dos EUA executaram mais de 4 mil ataques, matando 1.920 civis e 232 terroristas do ISIS. Mais ...

Sindicato de Jornalistas Palestinos lança campanha pela liberdade de 21 detidos em cárceres israelenses

O Sindicato de Jornalistas Palestinos lançou uma campanha pela liberdade de 21 jornalistas detidos em cárceres israelenses nesta segunda-feira (18/07). No mesmo dia, Adib Al-Atrash, jornalista de Hebron detido há um mês, recebeu a sentença do tribunal militar israelense de Ofer, na Cisjordânia, para mais três meses de detenção. Não foram feitas acusações formais. Al-Atrash ...

Controle, opressão e a “guerra contra o povo” na Palestina ocupada

 O presidente Mahmoud Abbas anunciou que a liderança palestina decidirá na próxima semana sobre a “coordenação securitária” com Israel, um mecanismo imposto por mediadores internacionais para contemplar os “receios” israelenses por sua segurança. Os palestinos colocam em cheque um importante instrumento na “matriz de controle” de Israel imposta à população e seus territórios. A resistência ...

Palestina livre: O desafio de ir além dos símbolos da solidariedade

Os momentos suscitados pela “comunidade internacional” para recordar o compromisso não cumprido com a Palestina são vários, mas a ocupação sionista, petulante, parece desafiá-los, “vitimizada” pela crescente condenação. Em 2014, o Ano de Solidariedade ao Povo Palestino, assistimos a um marco histórico, na ofensiva israelense à Faixa de Gaza. E este 29 de novembro, Dia ...

Quem declara a intifada contra a ocupação Palestina? 1

Os palestinos rebelam-se contra a ocupação israelense dos seus territórios e das suas vidas cotidianamente. Entretanto, nos últimos dias, uma escalada intensificou a violência dos confrontos diários e a Palestina volta ao noticiário internacional, sob uma pergunta que não quer calar: já chegamos à terceira intifada – o levante popular contra a ocupação? Mas a ...