A Casa de Saud curva-se ante a Casa de Putin 

9/10/2017, Pepe Escobar, Asia Times Traduzido por Vila Vudu Quanta diferença faz um ano – uma eternidade, em geopolítica. Aconteceu, sem que ninguém previsse: a matriz ideológica de todas as variantes do terror jihadista salafista – que a Rússia combate sem trégua, do ISIS/Daech ao Emirado do Cáucaso – percorreu a trilha toda até o ...

Curdistão: o que esconde o referendum

Num mundo onde as imagens contam mais que as realidades, a imprensa evoca um referendo democrático para a independência do Curdistão iraquiano. No entanto, para além de que constitucionalmente este referendo deveria realizar-se em todo o Iraque e não apenas na zona independentista, vários milhões de eleitores não-curdos foram já expulsos de suas casas e ...

Decifrando a charada do delírio iraquiano dos curdos

27/9/2017, Pepe Escobar, Asia Times Traduzido por Vila Vudu Masoud Barzani superestimou as cartas que tinha na mão – nenhuma potência regional aceitará a partição do Iraque _________________________________ O esperto líder de clã Masoud Barzani, presidente do Governo Regional do Curdistão, GRC [ing. Kurdistan Regional Government (KRG)], anunciou que o “Sim” venceu o referendo da ...

Pepe Escobar: E os vencedores na era pós-Daech são…

Pepe Escobar: E os vencedores na era pós-Daech são...
O caso de amor entre a Casa de Saud e o líder iraquiano nacionalista Muqtada al-Sadr revela o desespero dela depois da miserável derrota na Síria e de uma mudança para opor-se ao Irã em Bagdá, em vez de se opor a Damasco. 18/8/2017, Pepe Escobar, Asia Times… Traduzido por Vila Vudu Muqtada al-Sadr está ...

Thierry Meyssan -Divergências no seio do campo anti-imperialista,

Quando o seu país foi atacado pelos jihadistas, em 2011, o Presidente Bachar al-Assad reagiu a contra-corrente: em vez de reforçar os poderes dos serviços de segurança, ele diminuiu-os. Seis anos mais tarde, o seu país está em vias de sair vencedor da mais importante guerra desde a do Vietname. O mesmo tipo de ataque ...

Thierry Meyssan: Emergência de uma nova aliança no Médio-Oriente Alargado.

A política do Presidente Trump no “Médio-Oriente Alargado” começa a concretizar-se. Enquanto até aqui os Estados Unidos, e seus aliados, tentavam destruir os Estados e impor o caos, agora eles legitimam as alianças contra os jihadistas. Se no discurso, o Irã, a Síria e o Hezbollah são sempre os inimigos a abater, na prática eles ...

Adensa-se o enredo da grande disputa por Iraque e Síria pós-ISIS 2

Adensa-se o enredo da grande disputa por Iraque e Síria pós-ISIS
26/7/2017, MK Bhadrakumar, Indian Punchline O futuro pós-ISIS do Iraque e da Síria tem sido tópico de discussão calorosa nos think-tanks norte-americanos, sob o pressuposto de que os EUA estariam montando um retorno militar ao Iraque e já bem adiantados no processo de estabelecer presença de longo prazo na Síria. A verdade é que os ...

Plano dos EUA para (re)ocupar o Iraque enfrenta resistência

25/7/2017, MK Bhadrakumar, Indian Punchline Traduzido por Vila Vudu O antigo projeto dos EUA, jamais abandonado, de promover a criação de um Curdistão independente nas regiões ricas em petróleo do norte de Iraque e Síria, depois da derrota do ISIS encontrou forte vento de proa. Bem se poderia prever, porque o plano essencialmente reverte à ...

Famílias de terroristas e refugiados sírios convivem lado a lado em Mossul

Famílias de terroristas e refugiados sírios convivem lado a lado em Mossul
As vítimas do grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico) tornaram-se vizinhos de familiares de terroristas ou até dos próprios militantes na campos de refugiados perto da cidade iraquiana de Mossul. Enquanto isso, as autoridades buscam prevenir os conflitos. Fonte: Sputnik Um correspondente da Sputnik conversou com o oficial de um desses campos, Al Madraj, e com ...

Teerã sempre foi o destino final dos EUA e, portanto, do ISIL

10/6/2017, Toni Cartalucci, New Eastern Outlook, NEO Traduzido por Vila Vudu Foram vários mortos e muitos feridos nos ataques terroristas coordenados contra a capital do Irã, Teerã. Tiros e bombas no Parlamento iraniano e no mausoléu do Aiatolá Khomeini. Segundo a Reuters, o chamado “Estado Islâmico” reivindicou a autoria do ataque, desencadeado apenas poucos dias ...