Hassan Nasrallah: “Trump só cuida de interesses de Israel e dos EUA”

14/5/2018, Beirute. Na comemoração do 2º aniversário da morte do comandante Said Mustafa Badredine, do Hezbollah [excerto] Vídeo legendado em ing., 9″ (transcrição e tradução de Sayed Hasan) […] Depois dessa introdução devotada ao nosso bem-amado comandante [o mártir Said Moustafa Badreddine], morto na Síria no dia 13/5/2016], falemos sobre questões com as quais, incidentalmente, ...

“Neonorteamericanismo”: não passa de trumpismo reduzido a netanyahuísmo

21/5/2018, Alastair Crooke, Strategic Culture Foundation A declaração do presidente dos EUA dia 8 de maio (sobre sair do Acordo Nuclear Iraniano, ing. JCPOA) impõe que todos revisemos fundamentalmente o que tínhamos como definição do trumpismo. No início do mandato, disseminara-se amplamente a ideia de que o trumpismo estaria apoiado em três principais pilares: (1) ...

A paz ao redor de Israel é possível ?

Thierry Meyssan Enquanto as mídias globais tratam os acontecimentos no Médio-Oriente Alargado como fatos desconexos, Thierry Meyssan interpreta-os como jogadas sucessivas num mesmo tabuleiro. Ele entende os conflitos ao redor de Israel como um todo orgânico e interroga-se quanto às possibilidades do Presidente Trump chegar a uma paz regional. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | ...

Rússia está no Oriente Médio para por fim àquela guerra, não para se intrometer no conflito Irã – Israel

16/5/2018, Elijah J. Magnier Blog, Damasco Equívocos frequentes cercam o papel da Rússia no Oriente Médio e, particularmente, seu papel na Síria. Muitos sírios esperam que a Rússia ataque Israel, ou que entregue ao governo sírio, e suas armas avançadas, tecnologia e armas modernas, para que sejam usadas contra as repetidas violações, por Israel, do espaço ...

Estratégia de Putin começou, afinal, a funcionar?

14/5/2018, Paul Craig Roberts Blog Já expliquei a prática cristã do presidente Vladimir Putin da Rússia, de oferecer a outra face às provocações do ocidente, como estratégia para convencer a Europa de que a Rússia é racional e razoável, e Washington não é; e de que a Rússia não ameaça nem os interesses nem a ...

Irã quebra as regras de engajamento: Israel vinga-se e Síria e Irã impõem a equação do Golan

De Elijah J. Magnier, 10/5/2018, Elijah Magnier Blog   Israel atinge novamente alvos sírios e iranianos e armazéns de armas (evacuados semanas antes) pela quarta vez em um mês. 28 jatos israelenses participaram do maior ataque desde 1974. Tel Aviv informou a liderança russa de suas intenções sem ter conseguido impedir a liderança síria de ...

Da arte de violar um acordo

9/5/2018, Pepe Escobar, Asia Times   Entreouvido na Vila Vudu: “Parece que a palavra “xeque-mate” é derivada do persa sakh maht (não sei como escrever),  que se traduz como ‘o rei tombou’.” [De um fórum de jogadores de xadrez, com informações de Wikipedia (NTs)] __________________________________________ Depois de violar regras não escritas da diplomacia global, o ...

eleições no Iraque-2018 : Grande jogo de influências no Oriente Médio

11/5, David Hearst,* MiddleEastEye ATUALIZAÇÃO 14/5, 10h18 Express, Londres “Documento fornecido à agência Reuters por um candidato em Bagdá e que também já circula entre jornalistas e analistas mostra resultados de todas as 18 províncias. Ainda não foi possível confirmar a autenticidade do documento, mas os resultados das 10 províncias já anunciados oficialmente pela comissão ...

Celso Amorim: Fim do acordo EUA- Irã faz mundo amanhecer mais perigoso

Hoje o mundo amanheceu mais perigoso. Porque ontem o presidente dos Estados Unidos, a nação mais poderosa do mundo, anunciou a sua retirada do acordo, tem um nome complicado, programa de ação conjunta global etc, mas que na realidade era o acordo sobre o programa nuclear iraniano. Era um acordo que envolvia, do lado das grandes ...

Amaldiçoados fazedores de guerras

  4/5/2018, The Saker, The Vineyard of the Saker e em Unz Review   Entre os ataques dos EUA à Síria em abril e os recentes desenvolvimentos na Península Coreana, estamos de algum modo sendo entorpecidos pela a ladainha da busca, pelo Império, de uma nova guerra a ser iniciada. Os sempre prestimosos israelenses, na pessoa do inefável ...