« A Arte da Guerra » A estratégia do Caos Encaminhado

Manlio Dinucci Como um cilindro compressor, os Estados Unidos e a NATO alastram pelo mundo a estratégia Rumsfeld/Cebrowski de destruicão das estruturas estatais dos países não integrados na globalização econômica. Para concretizá-la, usam os europeus aos quais fazem crer numa alegada “ameaça russa”. Ao fazê-lo, incorrem o risco de provocar uma guerra generalizada. Rede Voltaire ...

Reino Unido – Quatro dias para declarar uma Guerra Fria

Thierry Meyssan A semana que acaba de decorrer foi extraordinariamente rica em acontecimentos. Mas nenhum média esteve à altura de dar conta deles já que todos mascararam deliberadamente alguns dos factos para proteger a narrativa que, a propósito, divulgava o seu governo. Londres tentou provocar um grande conflito, mas perdeu face à Rússia, ao Presidente ...

Zbigniew Brzezinski como o conheci

2/6/2017, Paul Craig Roberts, Strategic Culture Foundation Traduzido por Vila Vudu A morte de Brzezinski aos 89 anos gerou uma onda de propaganda e desinformação, que serve aos interesses de um ou de outro grupo, ou aos mitos que as pessoas considerem gratificantes. Não sou especialista em Brzezinski, e não vim para elogiá-lo. Foi Guerreiro ...

Segundo o Presidente Bashar al Assad, ‘a Terceira Guerra Mundial está pairando no ar’ 1

O presidente da Síria, Bashar al Assad, afirmou que a situação no mundo atual lembra a da Guerra Fria. Por outro lado, alertou o líder sírio, um conflito global também parece possível. “Quanto à Terceira Guerra Mundial, esse termo tem sido usado com frequência após a recente escalação da situação na Síria. Hoje observamos uma ...

Jogos Olímpicos 2016: ferramenta da nova Guerra Fria 1

Jogos Olímpicos 2016: ferramenta da nova Guerra Fria
O 6º Princípio Fundamental do Olimpismo (nenhuma discriminação de qualquer tipo, incluídas por nacionalidade ou opinião política) parece já ter sido esquecido há muito tempo. Na Grécia Antiga a competição entre os melhores atletas fazia parar guerras e servia como ponte de compreensão até entre inimigos recentes. Mas no século 20, os Jogos Olímpicos foram convertidos em ...

Questão Central na Campanha Presidencial nos EUA

27/7/2016, Eric Zuesse, The Vineyard of the Saker Traduzido por Vila Vudu  A questão central na campanha presidencial nos EUA não pode sequer ser discutida na mídia-empresa de ‘noticiário’ nos EUA, porque a mesma mídia-empresa é toda ela, quase uniformemente, cúmplice do crime de ocultar da opinião pública dos EUA a informação factual crucialmente decisiva ...

EUA contra os BRICS: Corrupção como arma de propaganda

  4/4/2016, Robert Parry, Consortium News Traduzido por Vila Vudu “Ano passado, a USAID distribuiu um documento (fact sheet) no qual resume os próprios serviços de pagar jornalistas amigáveis em todo o mundo, inclusive para “formação e treinamento de jornalistas, desenvolvimento de negócios de mídia-empresa, construção de capacidade para instituições de apoio e reforço de ...

Presidente Vladimir Putin, entrevista ao BILD

11/1/2016, Socchi, Rússia (publicada em duas partes) Nikolaus Blome (ed.-chefe), Kai Diekmann (publisher) e Daniel Biskup (fotos) Tradução Vila Vudu ______________________________________ “Fronteiras e territórios nacionais não são o mais importante“ [1ª. parte: Socchi 11/1/2016] BILD: Sr. presidente, há 25 anos, celebramos o fim da Guerra Fria. Agora tivemos um ano de mais crises e guerra ...

Síria, 2015: Não é “guerra civil”. E os que lutam contra o governo sírio eleito não são “oposição” 1

28/12/2015, Ulson Gunnar, New Eastern Outlook, NEO   Traduzido por Vila Vudu “Se o conflito sírio foi criado por interesses externos que alimentaram e armaram grupos militantes, e há décadas vem sendo usado como instrumento para executar uma determinada política externa (dentro e fora da Síria) de terceiros –, o que caracteriza exatamente uma invasão ...

Tentar encurralar os russos é arriscar-se à III Guerra Mundial

11/12/2015, Alastair Crooke, Conflicts Forum, Consortium News Todos nós conhecemos a narrativa na qual nós (o ocidente) estamos sitiados. É a narrativa da Guerra Fria: EUA contra o “Império do Mal”. E, como o professor Ira Chernus escreveu, dado que nós somos “humanos” e eles (a URSS ou, hoje, o ISIS) não são, continuamos a ...