Acordo russo-turco sobre gás ” pode arruinar o império anglo- americano”

RT 6/12/ 2014    Tradução: Oriente Mídia O acordo de gás negóciado  esta semana entre Moscou e “um dos principais membros da OTAN,” a Turquia, pode “desafiar o império anglo-americano e, finalmente destruí-lo”, diz Rick Staggenborg, colaborador do portal OpEdNews Staggenborg considera que, devido a esta decisão “corajosa”, a Turquia  coloca em perigo  a sua ...

Guerra da Ucrânia foi movida pelo eixo gás-dólar para defender o dólar- imperialismo

2/12/2014, [*] Mike Whitney, Counterpunch Ukraine War Driven by Gas-Dollar Link – Defending Dollar Imperialism Tradução: Vila Vudu   A “necessidade” do Fed, de assumir papel ainda mais ativo, com estrangeiros desacelerando cada dia mais as compras do dólar norte-americano, é meter o pé no breque da corrida de “des-dolarização” em curso no mundo desenvolvido – corrida que ...

Hungria – Viktor Orban: A nova imagem de inimigo de Washington

F. William Engdahl A recusa do Primeiro Ministro Viktor Orban e seu partido governante Fidesz de entrar na nova Guerra Fria dos EUA e da UE contra a Rússia, especialmente ao concordar com a construção do gasoduto South Stream, além das políticas adotadas contra a propriedade de bancos estrangeiros e empresas de energia, disparou os ...

Washington vai confiar o mundo árabe a Riad e a Teerã? 1

Thierry Meyssan Enquanto chega ao final a data limite das negociações 5+1, Thierry Meyssan revela a jogada : por meio da falsa acusação de fabricar a bomba atômica, Washington esperava limitar a influência da Revolução iraniana. No entanto, tendo em conta os seus fracassos militares desde 2006, contentar-se-ia agora com um congelamento das relações de ...

Pepe Escobar: ” O pato manco caiu da caravana Rota da Seda”

11/11/2014, [*] Pepe Escobar, Rússia Today “Lame duck out of the Silk Road caravan” Tradução Vila Vudu Governantes de países da APEC, em foto de família, Pequim, 10/11/2014: o primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, atrás de Vladimir Putin da Rússia (esq.) e do presidente da China Xi Jinping (segundo, esq.) (foto: Reuters/Kevin Lamarque) Dificilmente se encontraria ilustração mais ...

Pepe Escobar: O Califa, pronto para se integrar à OPEP

31/10/2014, [*] Pepe Escobar, Asia Times Online − The Roving Eye The Caliph fit to join OPEC TraduçãoVila Vudu O Califa Ibrahim ou Abu Bakr al-Baghdadi O Califa Ibrahim líder do Estado Islâmico – codinome Abu Bakr al-Baghdadi – jamais cessa de nos surpreender, ele e, principalmente, seus poderosos apoiadores estufados de petrodólares. O Califa é, para ...

Gaza, com o gás na mira

Por  Manlio Dinucci ilmanifesto.it  Global Research, 24/07/ 2014 Para compreender melhor uma das razões do ataque israelense contra Gaza é necessário se ir em profundidade, exatamente a 600 metros abaixo do nível do mar, a  30 Km da costa litoral. Lá, nas águas territoriais palestinianas encontra-se um grande depósito de gás natural, Gaza Marinha, estimado em 30 ...

Ucrânia, Rússia e União Européia: impasse nas conversas sobre Gás, em Milão

18/10/2014, [*] Alexander Mercouris, em (novo) The Vineyard of the Saker “Deadlock and Gas Talks in Milan” Tradução: Vila Vudu The Saker Ainda estão chegando notícias da reunião de Milão, mas já é claro que não houve qualquer avanço e que a crise ucraniana permanece em impasse. Poroshenko disse que teriam sido definidos os “parâmetros” de um acordo ...

Quem é o responsável pelas catástrofes no Oriente Médio?

Quem é o responsável pelas catástrofes no Oriente Médio?
By Bill Van Auken Global Research, 04/07/2014 “Os Estados Unidos da América não são os responsáveis pelo que está acontecendo na Líbia, assim como não são os responsáveis pelo que está acontecendo no Iraque hoje em dia,” declarou o Secretário do Estado John Kerry, na conferência de imprensa em Cairo a qual teve lugar no meio ...

Mike Whitney: Na mais recente e Nova Guerra Fria – Aposto no Putin

12/8/2014, [*] Mike Whitney, Counterpunch Tradução: Vila Vudu A história mostra que os EUA sempre se beneficiaram politicamente e economicamente de guerras na Europa. O gigantesco fluxo de capital que saiu da Europa depois da Iª e da IIª Guerra Mundial transformou os EUA em superpotência (…) Hoje, ante o declínio econômico, os EUA estão tentando precipitar outra ...