Moscou convoca adidos militares ocidentais plus sauditas: quer explicações sobre acusações ‘midiáticas’ de ataques a civis 1

  27/10/2015, Sputinik News Tradução Vila Vudu O Ministério da Defesa da Rússia convocou OTAN e Arábia Saudita, para que expliquem acusações de que aviões russos teriam atirado contra hospitais na Síria – disse hoje o vice-ministro da Defesa da Rússia, Anatoly Antonov.   “Interpelamos oficialmente hoje os adidos militares de EUA, Reino Unido, França, ...

Por que a França quer derrubar a República Árabe Síria?

Thierry Meyssan Voltando à história da colonização francesa da Síria e comparando-a com a ação dos presidentes Sarkozy e Hollande, Thierry Meyssan põe em evidência a vontade de recolonizar o país por parte de certos dirigentes franceses actuais. Uma posição anacrónica e criminosa que faz a França do presente um estado cada vez mais odiado ...

Importante manter a França bem longe da guerra síria

28/9/2015, MK Bhadrakumar, Indian Punchline traduzido por Vila vudu Não se observa nenhum sinal de mal-estar em Washington ou em qualquer capital ocidental ante o fato de, no domingo, a França ter feito seu primeiro ataque aéreo na Síria. É momento terrível. Não esqueçam que a França, com a Grã-Bretanha, é a ‘criadora’ da Síria ...

A França tenta travar a implementação militar russa na Síria 1

REDE VOLTAIRE | 11 DE SETEMBRO DE 2015 A Rússia prossegue a preparação da sua colocação militar na Síria [1]. Equipes sírias afadigam-se dia e noite para expandir o aeroporto de Lataquia, e construir aí uma nova pista e hangares para os aviões russos. Respondendo aos jornalistas à margem do Fórum Vladivostoque o presidente Putin confirmou ...

Uma louca ambição que leva à guerra civil- Clinton, Juppé, Erdogan,o Daesh e o PKK

Thierry Meyssan A retoma da repressão contra os Curdos, na Turquia, apenas é a consequência da impossibilidade de concretização do Plano Juppé-Wright, de 2011. Sendo que era fácil implantar o Daesh no deserto sírio, e nas províncias de Nínive e de al-Anbar (Iraque), de maioria sunita, revelou-se impossível tomar o contrôlo das populações curdas da ...

François Hollande, Israel e a Bomba atômica

Thierry Meyssan Na sua entrevista de 14 de Julho, na TF1 e France 2, o presidente François Hollande negou que Israel possua a bomba atómica. Ora, o Estado hebreu detêm 80 a 400 ogivas nucleares e já fez uso de bombas de neutrões sobre populações civis. Será Hollande ignorante, ao ponto de não ter idoneidade ...

Pepe Escobar: acordo nuclear arrasta-se. EUA-Irã em guerra de informação

30/6/2015, [*] Pepe Escobar, Asia Times Online “Nuke deal inches ahead as US-Iran play information war: Escobar” Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu VIENA – Assim sendo, hoje não é o Dia-D. Nada de pouso no território por trás do Muro da Desconfiança. Não haverá acordo nuclear entre Irã e P5+1 hoje – e por ...

França, Tunísia, Kuwait e Somália foram alvos de ao menos quatro atentados ao redor do mundo

 Ataques deixaram dezenas de mortes e centenas feridos; grupos extremistas já reivindicaram autoria. Quatro atentados aconteceram pelo mundo em um curto espaço de tempo nesta sexta-feira (26/06). França, Tunísia, Kuwait e Somália foram alvos de ataques que foram reconhecidos pelo Estado Islâmico. Opera Mundi -São Paulo – 26/06/2015 Fachada da empresa Air Products, onde aconteceu ...

Exclusivo: Os projetos secretos de Israel e da Arábia Saudita

EM PARALELO ÀS NEGOCIAÇÕES EUA-IRÃO A resposta de Telaviv e de Riad ás negociações entre os Estados Unidos e o Irã  situa-se no prolongamento do financiamento da guerra contra Gaza em 2008 pela Arábia Saudita : a aliança de um Estado colonial e de uma monarquia obscurantista. No momento em que o Oriente Próximo está ...

Thierry Meyssan: A previsível derrota da França 1

Thierry Meyssan Quando a assinatura do acordo entre Washington e Teerão se aproxima, Thierry Meyssan redesenha e analisa a política de François Hollande no Próximo-Oriente de apoio ás monarquias do Golfo e ao apartheid israelita. De modo incontestável, ele mostra que esta política, contrária aos valores da República e aos interesses da Nação, serve exclusivamente ...