O Futuro do Levante

Thierry Meyssan Não resistimos em publicar o editorial de Thierry Meyssan no al-Watan, o mais importante quotidiano da Síria. Aí, ele descreve o acordo Estados Unidos/Rússia para o Levante. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 7 de Novembro de 2019 29 de Outubro de 2019 – Desde há um século, o Reino Unido, depois os ...

«A arte da guerra» O Califa, filme CIA entre a ficção e a realidade

  Manlio Dinucci É um produto bem definido. No final de uma vasta operação especial na qual uma arma inenarrável foi usada, é aconselhável encenar a morte da pessoa que a incorporou. Esta é a melhor maneira de apagar os acontecimentos na opinião pública. Após a morte de Bin Laden, aqui está a de al-Baghdadi ...

Pepe Escobar: Vladimir Putin, pacificador-em-chefe

  Acordo Rússia-Turquia estabelece ‘zona segura’ ao longo da fronteira sírio-turca e haverá patrulhas militares conjuntas russo-turcas 23/10/2019, Pepe Escobar, Asia Times As negociações em Sochi foram demoradas – mais de seis horas –, tensas e duras. Dois governantes numa sala com seus intérpretes e vários importantes ministros turcos mantidos próximos, para o caso de ser ...

Vencedores e perdedores no ataque turco contra os curdos na síria – Parte III

Por Elijah J. Magnier: https://ejmagnier.com/2019/10/17/winners-and-losers-in-the-turkish-attack-on-the-kurds-in-syria-part-3-of-3/ Na Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos emergiram como os vencedores e se tornaram mais fortes que qualquer outro país do mundo. Os aliados – principalmente a União Soviética – venceram a guerra mas saíram dela muito fracos. Precisavam reconstruir seus países e suas economias, com os EUA exigindo enorme pagamento retrospectivo pelo ...

Ataque turco na Síria: quem perde e quem ganha? Parte I

Por Elijah J. Magnier  O presidente Donald Trump ordenou o início de uma “retirada deliberada” de suas tropas e o fim da ocupação do nordeste da Síria (NES). Isso veio acelerar uma corrida entre as forças turcas e sírias para controlar o NES. A Turquia se apressa para estabelecer cerca de 30/35 km de uma zona de segurança ...

O novo mundo surge diante de nós

Thierry Meyssan Thierry Meyssan sublinha a extrema gravidade, não da retirada dos EUA da Síria, mas do colapso dos pontos de referência atuais no mundo. Entramos, segundo ele, num curto período de transição, no decurso do qual os atuais mestres do jogo que são os «capitalistas financeiros» —e aqueles que ele designa assim não têm ...

«A Arte da Guerra» Erdogan quer a Bomba

Manlio Dinucci O Presidente Recep Tayyip Erdoğan reagiu ao início do desmantelamento do arsenal nuclear dos EUA no seu solo, anunciando a intenção da Turquia adquiri-lo. É inteiramente legítimo perante a ameaça nuclear israelita e um passo na pior direcção. Rede Voltaire | Roma (Itália) | 23 de Outubro de 2019 “Alguns países têm mísseis ...

Um foguete forçou os EUA à retirada- Detalhes do acordo curdos-russos-sírios

14/10/2019, Elijah J Magnier Blog [tradução corrigida, com quadro explicativo] Na Síria: um conto-do-vigário de duas guerras por procuração 17/10/2019, Patrick Henningsen, 21Wire TV EUA     → →→→ (ing. FDS) ‘FORÇAS DEMOCRÁTICAS SÍRIAS’ YPG/PKK (partidos curdos) ‘terroristas’ Ex-ISIS APOIADOS PELOS EUA TURQUIA     → →→→ (ing. FSA) ‘EXÉRCITO SÍRIO LIVRE’ Jihadistas terroristas APOIADOS PELOS EUA *********** 6ª-feira ...

Pepe Escobar – Na estrada de Damasco: como foi vencida a Guerra na Síria

18/10/2019, Pepe Escobar*, Especial para Consortium News Depois da aliança Damasco-curdos, a Síria pode bem ter sido a maior derrota da CIA desde o Vietnã – diz Pepe Escobar. _________________________ De Pepe Escobar, repassado, 20/10/2019, Facebook.** Sebastiano Caputo está em ‎دير الزور Deir-Ezzor (orig. italiano, aqui em trad. automática revista). “Ficamos 9 meses seguidos acampados ...

Os 15 campos de prisioneiros do Daesh no «Rojava»

Rede Voltaire | 17 de Outubro de 2019 A 6 de Outubro de 2019, mercenários curdos do «Rojava» guardavam —por conta dos Estados Unidos— 7 campos de detenção de combatentes do Daesh (E.I.) feitos prisioneiros, além de outros 8 campos para as suas mulheres e filhos. Segundo as YPG, aí haveria 14. 800 combatentes prisioneiros ...