As cláusulas secretas do acordo de gás entre Chipre, Grécia, Itália e Israel

Rede Voltaire | 29 de Novembro de 2018 Chipre, a Grécia, a Itália e Israel conseguiram concluir um acordo sobre a construção comum de um gasoduto no Mediterrâneo. Tratar-se-á da obra mais longa e mais profunda no mar. Só terá uma modesta capacidade de 12 bilhões de m3 por ano. Estimado em US $ 8 ...

Jared Kushner e o «direito à felicidade» dos Palestinos

Thierry Meyssan Erradamente, consideramos o projeto norte-americano para o Médio-Oriente como um plano de paz para a Palestina. Apesar da comunicação da Casa Branca, não é o que o Presidente Trump procura. Ele aborda esta questão sob um ângulo radicalmente diferente do dos seus predecessores: ele não procura, como se fosse um imperador, administrar a ...

Finalização do plano de paz dos EUA para o Próximo-Oriente

Rede Voltaire | 18 de Junho de 2018 Jared Kushner e Jason Greenblatt iniciam uma viagem pelo Próximo-Oriente que os levará a Israel, à Jordânia, ao Egito, à Arábia Saudita e ao Catar, mas não aos Territórios Palestinos, nem à Síria. Jared Kushner e Jason Greenblatt são dois colaboradores de longa data de Donald Trump. ...

O Hamas e o plano de paz dos EUA

Rede Voltaire | 22 de Junho de 2018 A delegação dos EUA, que se dirigira à Jordânia, prosseguiu a sua viagem para a Arábia Saudita. O Hamas, a quem os EUA destinam o cargo de Primeiro-ministro da “Nova Jordânia” (que incluiria ao mesmo tempo a Cisjordânia e Gaza), não estaria satisfeito com o que Jared ...

O Egito coloca condições para o levantamento do cerco a Gaza

Rede Voltaire | 26 de Junho de 2018 Enquanto os enviados especiais dos EUA, Jared Kushner e Jason Greenblatt, chegavam ao Egito, após terem sido recebidos na Jordânia e na Arábia Saudita, o gabinete do Presidente al-Sisi anunciava que estava apoiando uma parte do plano de paz dos EUA. O Cairo levantaria o cerco a ...

Todos os golpes da CIA são o mesmo golpe “Por que não nos agradecem?”

21/6/2012, Pankaj Mishra, London Review of Books, vol. 34, n.12, pp. 19-20 (traduzido em 15/6/2018) Resenha de Christopher DE BELLAIGUE, Patriot of Persia: Muhammad Mossadegh and a Very British Coup, [Patriota da Pérsia: Muhammad Mossadegh e um golpe muito britânico], Bodley Head, 310 pp, fev.2012, ISBN 978 1 84792 108 6 ___________________________ “O crescente sentimento ...

O renascimento árabe: como URSS ajudou Oriente Médio a romper correntes do colonialismo

 Sputnik News 26.05.2018 É difícil sobrestimar a influência da União Soviética no Oriente Médio depois da Segunda Mundial. Ela ajudou os países da região a se livrarem da opressão colonialista das metrópoles ocidentais, equipar seus exércitos e restaurar a economia no âmbito de um socialismo com características árabe. O autor do artigo Denis Lukyanov do Sputnik ...

Os avanços e retrocessos de um compromisso histórico. O destino da causa palestina no Egito

Por Luciana Garcia de Oliveira [1] Os palestinos exilados no Egito desde 1948 tiveram um tratamento diferenciado, quando comparado ao tratamento dispensado em outros estados árabes. O Egito pode ser considerado a única nação árabe que ofereceu um estado de bem estar social aos palestinos deslocados desde a Nakba. Entretanto esta situação não foi permanente. ...

“Democracia” fake ou Agressão mascarada de guerras civis

Thierry Meyssan Se quisermos recuar um pouco, constataremos que os diferentes conflitos que ensanguentaram nos últimos dezesseis anos todo o Médio-Oriente Alargado, do Afeganistão à Líbia, não foram uma sucessão de guerras civis, mas, sim a aplicação de estratégias regionais. Lembrando os objetivos e as tácticas destas guerras desde a «Primavera Árabe», Thierry Meyssan descreve ...

Thierry Meyssan Islã e clericalismo no Médio-Oriente Alargado, Thierry Meyssan

No Ocidente é de bom tom dissertar sobre «a compatibilidade do Islã com a Democracia» ou sobre «o Islã e o Laicismo». Estas problemáticas deixam supor que, por natureza, o Islã seria clerical. Que não constituiria portanto uma religião, mas, sim uma corrente política. Assim, os muçulmanos mais «radicais» seriam terroristas e inversamente. Ora, desde ...