Mídia: coalizão internacional ataca província síria de Deir ez-Zor com substância proibida

A coalizão internacional, liderada pelos EUA, lançou um ataque aéreo à cidade síria de Hajin, província de Deir ez-Zor, usando fósforo branco, proibido pelas resoluções internacionais, informou a agência síria SANA citando fontes locais. “A coalizão lançou ataques aéreos a alguns bairros da cidade de Hajin, que se encontra a 110 quilômetros de Deir ez-Zor, ...

Acordo de passe livre para o ISIS em Raqqa – EUA negam -– Vídeo prova que EUA mentem

  14/10/2017, Moon of Alabama Traduzido por Vila Vudu Depois das suas negociações sobre passe livre, com EUA e suas forças ‘delegadas’ locais curdas, o ISIS está transferindo seus milicianos, retirando-os da cidade de Raqqa. Quando o governo sírio obteve acordos semelhantes, os EUA criticaram infantilmente. Hoje, a ‘coalizão’ dos EUA diz que “não se ...

A mais recente escalada na Síria – O que está realmente acontecendo?

23/6/2017, The Saker, Unz Review e The Vineyard of the Saker Traduzido por Vila Vudu A essa altura, a maioria dos leitores já ouviram a mais recente má notícia vinda da Síria: dia 18/6 um jato F/A-18E Super Hornet (1999) dos EUA usou um míssil Advanced Medium-Range Air-to-Air Missile [Míssil Avançado de Médio Alcance Ar-ar, ...

Coalizão liderada pelos EUA derrubou avião da Força Aérea da Síria em Raqqa

A coalizão internacional liderada pelos EUA derrubou neste domingo um avião da Força Aérea da Síria nos arredores da cidade de Raqqa, informou um comunicado do ministério da Defesa da Síria. “A nossa aeronave foi abatida hoje, no horário do almoço, nos arredores da cidade de Raqqa, no momento em que este realizava uma missão ...

Síria: 14.000 habitantes de Mossul fogem para Rakka

Rede Voltaire | 20 de Novembro de 2016 Enquanto as Forças da «Coligação global contra o Estado islâmico» atacam Mossul, mais de 14. 000 habitantes fugiram da cidade em direção a Rakka e a Idlib, na Síria. É a primeira vez que se assiste a um deslocamento da população em direção a zonas controladas pelos ...

Documento secreto proíbe Daesh de atacar aviões da coalizão dos EUA (FOTOS)

Um documento, que confirma a proibição do grupo terrorista Daesh de atacar quaisquer aviões da coalizão sobre a cidade de Mossul e seu subúrbio, foi encontrado na cidade iraquiana libertada de Bakhdida, na província de Nínive, pelas Unidades de Proteção do Planalto de Nínive (NPU). Segundo a Sputnik Árabe, no centro da cidade situada a ...

Imprensa-empresa “ocidental” cega e calada: Iraque e ” 4+1″ infligem importante derrota ao Estado Islâmico

21/10/2015, Moon of Alabama Traduzido por Vila Vudu Aconteceu ontem uma imensa derrota do Estado Islâmico, que a imprensa-empresa “ocidental” não viu. A milícia iraquiana Hashd e o exército do Iraque derrotaram combatentes do Estado Islâmico na refinaria de Baiji, na cidade de mesmo nome. Foi um enorme sucesso: Filmes exibidos na TV estatal mostravam ...

Bashar Al Assad encontra-se com Putin para discutir a situação na Síria

  O líder sírio, Bashar al- Assad, reuniu-se nesta terça-feira (20/10)  em Moscou com o presidente russo Vladimir Putin para discutir o progresso na luta contra o terrorismo na Síria, comunicou nesta quarta-feira (21/10) o Kremlin. As informações foram publicadas neta quarta-feira no jornal El País. A Rússia começou no mês passado uma série de ...

Por que os EUA tanto protestam contra a Rússia bombardear a al-Qaeda?! 2

1/10/2015, Tony Cartalucci, New Eastern Outlook  Tradução Vila Vudu Phil Greaves‏@PhilGreaves01 1h1 hour ago ‘Esquerda’ que ignorou completamente o imperialismo da OTAN na Síria por 5 anos em 5 minutos já ‘identificou’ um inexistente imperialismo russo. _________________________________________ O New York Times no recente artigo “Russians Strike Targets in Síria, but Not ISIS Areas,” tenta pintar ...

Rússia em Damasco e Bagdá: Oficiais do Hezbollah, do Corpo de Guardas Revolucionários do Irã e dos EUA trabalham a 100 passos de distância uns dos outros

1/10/2015, Damasco, Elijah J. Magnier (em ing. e ar.) Tradução Vila Vudu EUA e Rússia trabalharão para coordenar a presença aérea no céu da Síria, sem necessariamente terem entendimentos ou acordos sobre ataques, alvos e objetivos. As duas superpotências declararam objetivo comum: “combater contra o terrorismo”. Apesar disso, as prioridades, as forças a serem atacadas, ...