Síria – A vitória em Palmyra muda a narrativa 1

28/3/2016, Moon of Alabama Traduzido por Vila Vudu A libertação de Palmyra é ponto de virada decisivo na guerra contra a Síria. Por mais que o Exército Árabe Sírio e aliados tenham colhido outros sucessos militares, o valor publicitário de retomar e voltar a proteger as preciosas ruínas romanas de Palmyra é muito superior que ...

EUA-Rússia: Grande barganha na Síria?

17/3/2016, Pepe Escobar, SputnikNews http://sputniknews.com/columnists/20160317/1036477086/us-russia-Síria-bargain.html#ixzz43Mw6bx2D É coisa de suspense de espionagem: ninguém diz palavra. Mas há indicações de que a Rússia não anunciaria uma retirada parcial da Síria exatamente dias antes de as negociações de Genebra ganharem ímpeto, a menos que os russos tivessem conseguido costurar uma grande barganha com Washington. Há, sim, alguma espécie ...

Continuam as investigações sobre a trucagem da operação anti-Daesh

REDE VOLTAIRE | 17 DE MARÇO DE 2016 Enquanto o general Joseph Votel se apresta para assumir o comando do CentCom, com a missão de libertar Rakka dos jiadistas (Síria) do E.I. [1], a imprensa norte-americana retorna ao clima de medo que reina nesta unidade. Em agosto de 2015, enquanto o general John Allen (um “falcão ...

Prof. Moniz Bandeira: Da Primavera Árabe ao Brasil- Como os EUA atuam na geopolítica

   10/3/2016, Entrevista: Luis Nassif e Patricia Faermann _______________________________________________ Jornal GGN – Mais de cinco anos se passaram desde o início dos protestos no Oriente Médio, que ficaram conhecidos como Primavera Árabe. As revoltas foram desencadeadas contra presidentes que estavam entre 20 e 40 anos no poder. Mas as condições para os conflitos tinham motivações ...

Robert F. Kennedy, Jr: Por que os árabes não nos querem na Síria 4

22/2/2016, Robert F. Kennedy, Jr., Politico (revista online) Traduzido por Vila Vudu “Artigo notável, realmente um tour de force, vem assinado por Robert F. Kennedy, Jr., e foi publicado na revista online Politico.com. Considerando o autor, que claramente sempre publicou e continua a publicar na grande mídia impressa norte-americana, o fato mais relevador de o ...

Diplomata russo: “EUA previam que o ISIS tomaria Damasco em outubro” 2

16/2/2016, Alexander Mercouris, Russia Insider Traduzido por Vila Vudu Em coluna num jornal britânico, o embaixador da Rússia no Reino Unido revela que os russos foram informados pelas potências ocidentais de que, depois que os EUA proclamassem um zona aérea de exclusão, o ISIS capturaria Damasco. Alexander Yakovenko, embaixador da Rússia na Grã-Bretanha, distribuiu uma ...

De militar para militar

Seymour M. Hersh, London Review of Books, vol. 38, n.1, pp. 11-14, 7/1/2016 Traduzido por Vila Vudu “Alguns norte-americanos já dão sinais de compreender as implicações de pôr a Hillarator como comandante-em-chefe, essa Atena remix brandindo um escudo da ‘responsabilidade de proteger’ e marinada em bile neoliberal: a Hillarator é anti-China, anti-Rússia, anti-integração da Eurásia. ...

Por trás da máscara “anti-Estado Islâmico”

Manlio Dinucci REDE VOLTAIRE | 4 DE FEVEREIRO DE 2016 Neste ano o Carnaval romano começou dia 2 de fevereiro, quando se exibiu na Farnesina (Ministério italiano das Relações Exteriores) o “small group”, o pequeno grupo ministerial (23 países mais a União Europeia) da “Coalizão global anti-Estado Islâmico (EI)”, presidido em conjunto pelo secretário de ...

A “Psico” Ted Cruz

Thierry Meyssan Pela primeira vez na História, uma equipe especializada em operações psicológicas tenta fabricar um candidato à eleição presidencial norte-americana e levá-lo à Casa Branca. A sua vitória, se acontecer, atestaria a possibilidade de falsificar em si mesmo o processo eleitoral. Por outro lado, ela colocaria a questão do poder dos militares sobre as ...

A Alemanha e a ONU contra a Síria

Thierry Meyssan Os neo-conservadores e os falcões liberais que demoradamente prepararam, desde 2001, a guerra contra a Síria, apoiaram-se a partir de 2005 sobre vários Estados da Otan e do Conselho de Cooperação do Golfo. Se já se conhecia o papel jogado pelo general David Petraeus, em lançar e manter a guerra até aos dias ...