Podemos mesmo ter um Big Brother a vigiar-nos?

Por Luis Rosa para o Observador, 18/04/2020 O controle dos cidadãos por meios tecnológicos esbarra sempre na privacidade de cada um A China avançou com vigilância total e intrusiva. Na Coreia do Sul e Singapura também houve controlo GPS. A Europa estuda como usar a tecnologia para um regresso mais seguro, mas sem violar dados. ...

Pepe Escobar:A Nova Rota da Seda poderia se tornar o núcleo de uma ordem mundial realmente nova – mas nenhuma de acordo com o gosto dos Estados Unidos.

Ponte histórica de Pepe Escobar Foto: Ivan Marc / Shutterstock.com Com sua análise geopolítica da importância do projeto “Nova Rota da Seda”, Pepe Escobar segue os passos de um dos mais importantes estudiosos universais alemães, Gottfried Wilhelm Leibniz. Não é por acaso que o vice-presidente da Sociedade Gottfried Wilhelm Leibniz é o cientista chinês Professor ...

As ambições alemãs no Médio-Oriente Alargado

Thierry Meyssan A Alemanha pretende, 75 anos após a Segunda Guerra Mundial, se tornar novamente uma potência no cenário internacional. Ela escolheu voltar ao Próximo-Oriente Alargado. Mas, para ela é difícil e perigoso elevar-se a esse nível sem nenhuma outra experiência além da histórica. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 2 de Fevereiro de 2020 ...

Seis projetos contraditórios de ordem mundial

Thierry Meyssan As seis principais potências mundiais abordam a reorganização das relações internacionais em função das suas experiências e dos seus sonhos. Prudentemente, pensam primeiro defender os seus interesses antes de promover a sua visão do mundo. Thierry Meyssan descreve as respectivas posições antes que a luta comece. Rede Voltaire | Damasco (Síria) | 19 ...

Europa ficará com EUA-hooligans, ou cumprirá as obrigações do Tratado com o Irã?

11/07/2019, Elijah J Magnier (Blog) Desde que a revolução iraniana chegou ao poder em 1979, o mundo pôs-se contra o Irã, porque a “República Islâmica” resiste a reconhecer e curvar-se à dominação dos EUA sobre o Oriente Médio e todo o mundo. Digo “o mundo”, porque depois da revolução iraniana veio a Perestroika [ru. “restruturação ...

Exército sírio encontra suprimentos médicos alemães em sede dos Capacetes Brancos

O Exército sírio encontrou suprimentos de equipamentos médicos, alguns deles de fabricação alemã, em um hospital de campo supostamente do grupo Capacetes Brancos, informou a agência estatal SANA. A agência citou fontes locais não identificadas dizendo que a descoberta foi feita na cidade de Qal’at al-Madiq, na província de Hama. Além de suprimentos médicos que ...

Pepe Escobar: Dilema na União Europeia: o que fazer da China

20/3/2019, Pepe Escobar, Asia Times Diante da ascensão irresistível da China em todos os quadrantes do tabuleiro, e sob obsessiva pressão dos EUA, os líderes não exatamente muito democráticos da União Europeia (UE) estão enrolados em contorcionismos os mais difíceis para se posicionarem entre uma rocha geopolítica/geoeconômica e uma pedreira. Os 28 membros da UE ...

« A Arte da Guerra »- Israel, 200 armas nucleares apontadas para o Irã

Por Manlio Dinucci O barulho que envolve a retirada dos EUA do acordo nuclear iraniano esconde os verdadeiros problemas. O mais importante é este fato fundamental: Israel é uma potência nuclear, ao passo que o Irã não é. Rede Voltaire | Roma (Itália) | 15 de Maio de 2018 A decisão dos Estados Unidos de ...

Por trás da Guerra anglo-norte-americana contra a Rússia

11/9/2018, F. William Engdahl, New Eastern Outlook Talvez os EUA até tenham tido uma chance durante os tempos Obama, quando a secretária de Estado Hillary Clinton propôs aquele divertido “Reset” nas relações EUA-Rússia ao então novo governo de Medvedev, depois que Medvedev trocou de lugar com Putin no cargo de primeiro-ministro em março de 2009. ...

Trump e a burocracia da OTAN

Thierry Meyssan Contrariamente ao pensamento dominante, a cimeira da OTAN não opôs os Estados Unidos aos outros membros da Aliança, mas sim o Presidente Trump à alta Administração inter-governamental. Para Thierry Meyssan, o problema não é o de saber se se aprecia, ou não, a personalidade do locatário da Casa Branca, antes se o apoiam ...