« A Arte da Guerra » A estratégia do Caos Encaminhado

Manlio Dinucci Como um cilindro compressor, os Estados Unidos e a NATO alastram pelo mundo a estratégia Rumsfeld/Cebrowski de destruicão das estruturas estatais dos países não integrados na globalização econômica. Para concretizá-la, usam os europeus aos quais fazem crer numa alegada “ameaça russa”. Ao fazê-lo, incorrem o risco de provocar uma guerra generalizada. Rede Voltaire ...

As guerras comerciais dos EUA de Trump – O roto falando do rasgado

9/4/2019, Andrei Martyanov, Blog. A essa altura, ninguém mais se deveria surpreender pelas guerras comerciais ensandecidamente declaradas pelo governo Trump a torto e a direito. Em muitos aspectos o modo de Trump abordar questões de relações e comércio internacional faz lembrar as convulsões de um paciente gravemente ferido, numa Unidade de Tratamento Intensivo, e não ...

Geopolítica do petróleo na era Trump

Thierry Meyssan Os Estados Unidos tornaram-se o primeiro produtor mundial de hidrocarbonetos. Agora, utilizam a sua posição dominante exclusivamente para maximizar os seus lucros, sem hesitar em eliminar grandes produtores rivais e mergulhar os seus povos na miséria. Enquanto no passado, o acesso ao petróleo do Médio-Oriente era uma necessidade vital par a sua economia ...

A Nova Grande Estratégia dos Estados Unidos

Thierry Meyssan Muitos pensam que os Estados Unidos estão muito ativos mas que não concretizam grande coisa. Por exemplo, que as suas guerras ao Médio-Oriente Alargado são uma sucessão de fracassos. Mas, para Thierry Meyssan eles têm uma estratégia militar, comercial e diplomática coerente. De acordo com os seus próprios objetivos, ela avança pacientemente e ...

« A Arte da Guerra » Washington, a razão da força

Manlio Dinucci Aquando dos atentados de 11 de Setembro, o Secretário da Defesa, Donald Rumsfeld e o seu conselheiro, Arthur Cebrowski, definiram a necessidade do Pentágono dominar, completamente, o campo de batalha mundial (Full-spectrum dominance), de modo a manter a unipolaridade do mundo. É precisamente o que, hoje, os Estados Unidos da América tentam estabelecer. ...

Síria: A ONU minada pelo «excepcionalismo» norte-americano

Thierry Meyssan Enfraquecidos em relação aos seus competidores russo e chineses, os Estados Unidos retornam aos seus reflexos históricos. Em matéria de relações externas, abandonam a ordem liberal internacional e regressam à doutrina exepcionalista. Pondo em causa o seu próprio compromisso no Conselho de Segurança, acabam de abrir a via a uma desconstrução do Direito ...

O anti-terrorismo versão Trump

Thierry Meyssan Se a nova estratégia anti-terrorista dos Estados Unidos não muda grande coisa nessa luta, ela modifica em profundidade as regras de trabalho do Pentágono e da Secretaria da Segurança da Pátria. Não se trata tanto de uma racionalização daquilo que foi construído desde 2001, mas, mais, de uma redefinição de missões do Estado ...

O Pentágono reconhece ter gasto US $ 1,5 trilhões em guerras desde o 11-de-Setembro

Rede Voltaire | 30 de Agosto de 2018 De acordo com uma estimativa publicada pelo Pentágono, o custo das guerras travadas desde o 11 de Setembro de 2001, no quadro da estratégia Rumsfeld-Cebrowski, se eleva a mais de US $ 1.500 mil milhões de dólares [1]. As despesas mais importantes ocorreram no segundo mandato de George ...

Verdade sobre Idlib (nas palavras do próprio Departamento de Estado)

2/9/2018, Tyler Durden, Zero Hedge Na 6a-feira o secretário de Estado Mike Pompeo distribuiu declaração antes da iminente campanha de russos e sírios para libertar Idlib ainda controlada por jihadistas. Disse Pompeo via Twitter: “Os 3 milhões de sírios que já foram expulsos das próprias casas e estão hoje em Idlib, sofrerão com essa agressão. ...

Guerras comerciais dos EUA contra a China: o que realmente está em disputa

3/9/2018, F. William Engdahl[1] (Website) A bizarra e em ininterrupta escalada “guerra comercial” que Washington move contra os chineses nada tem a ver com equilibrar superávits comerciais. E parece que, agora, os chineses já concluíram também nessa direção. Tudo ali tem a ver com assalto frontal contra a estratégia chinesa de se autoconverter em país ...