A partir de agora, piloto americano ‘pensará duas vezes antes de atacar alguém na Síria’

A coalizão dos EUA parece ter levado a sério o ultimato da Rússia sobre os voos ilícitos na Síria. Um dia depois do seu anúncio, os aviões da coalizão não atreveram a cruzar os limites estabelecidos pelo Ministério da Defesa russo. A Austrália chegou até a suspender suas operações em todo o espaço aéreo sírio. ...

“Neonorteamericanismo”: não passa de trumpismo reduzido a netanyahuísmo

21/5/2018, Alastair Crooke, Strategic Culture Foundation A declaração do presidente dos EUA dia 8 de maio (sobre sair do Acordo Nuclear Iraniano, ing. JCPOA) impõe que todos revisemos fundamentalmente o que tínhamos como definição do trumpismo. No início do mandato, disseminara-se amplamente a ideia de que o trumpismo estaria apoiado em três principais pilares: (1) ...

Um passo antes de a Rússia abrir fogo contra forças de EUA-Israel Opção “Cortar a cabeleira de Sansão”

28/4/2018, John Helmer, Dances with Bears, Moscou No início de abril, o presidente Vladimir Putin acreditava que poderia adiar as respostas estratégicas e de combate da Rússia, ao estado de guerra que os EUA estão escalando. Logo se desapontaria. Dia 6 de abril, o Tesouro dos EUA anunciou que está excluindo do mundo dos negócios ...

Reportagem de Robert Fisk desmente ataque com armas químicas na Síria

– 30 de Abril de 2018 1 *Por Jonathan Cook, Common Dreams Parece que muitos que apoiaram os ataques aéreos do fim de semana na Síria estão ignorando a importância da reportagem de Robert Fisk em Douma, o local de um suposto ataque com armas químicas na semana passada. Fisk foi o primeiro jornalista ocidental ...

O fiasco do bombardeamento da Síria

Thierry Meyssan Quanto mais o tempo passa desde o ataque aliado contra a Síria, a 14 de Abril de 2018, mais as informações disponíveis fazem ressaltar a amplitude do desastre. Se os Estados Unidos ainda conseguem impedir as fugas de informação provindo dos seus exércitos, não há hipótese com as provenientes de França. Washington, Paris ...

Washington impõe a bipolaridade do mundo aos seus aliados

Thierry Meyssan Atirando mísseis sobre a Síria junto com os seus aliados francês e britânico, o estranho Presidente Donald Trump conseguiu fazer aceitar aos Ocidentais o fim do seu domínio unilateral sobre o mundo. O resultado insignificante desta demonstração de força conduz a OTAN à realidade. Sem ter feito uso das suas armas, a Rússia ...

As falhas da operação aliada contra a Síria

Rede Voltaire | 23 de Abril de 2018 Dois mísseis dos EUA não explodiram. Eles foram encaminhados, a 18 de Abril, para a Rússia afim de aí serem examinados [1]. As tecnologias dos Estados Unidos e russas são radicalmente diferentes, de tal modo que os avanços de um e de outro são dificilmente copiáveis. No entanto, ...

Tecnologia de mísseis russos tornou obsoleta a Marinha de US$1 tri, dos EUA 1

21/4/2018, Dmitry Orlov, Russia Insider Pelos últimos 500 anos, as nações europeias – Portugal, os Países Baixos, Espanha, Grã-Bretanha, França e, por menos tempo, a Alemanha – conseguiram saquear todo o planeta, projetando o próprio poder naval sobre os mares e oceanos. Dado que grande parte da população mundial vive ao longo dos litorais, e ...

Massacre na Síria

Por Bresser Pereira O mundo é injusto em toda parte. As mulheres e os homens são vítimas de todas as violências: desde o abuso que Lula está sofrendo devido a uma associação perversa das elites neoliberais que temem eleições livres e dos interesses estrangeiros com um grupo de tecnoburocratas do Poder Judiciário decidido a impor ...

EUA e aliados expostos à retaliação russa na Síria

14/4/2018, Global Times, Editorial, Pequim, China O presidente dos EUA Donald Trump anunciou na 6ª-feira que ordenara ataques contra o regime sírio, como resposta a um ataque químico no fim de semana passado. Disse que os ataques seriam coordenados com França e Reino Unido. O presidente da Síria Bashar al-Assad disse que seu país foi ...