Israel bombardeia um grupo do Daesh na Síria

Rede Voltaire | 6 de Agosto de 2018 O Ministro israelense (israelita-pt) da Defesa, Avigdor Liberman, reconheceu que a guerra contra a Síria se concluí por um retorno à situação anterior a 2011. Durante uma inspeção das forças israelenses no Norte do país, ele admitiu que o governo de Damasco era agora o único interlocutor ...

Os Emirados, primeiro Estado a reabrir sua embaixada em Damasco

Rede Voltaire | 6 de Agosto de 2018 Segundo a agência Fars, após uma reunião entre os dois Chefes dos Serviços de Inteligência emiradiano e sírio, os Generais Mahamat Al-Chamsi e Ali Mamlouk, teria sido tomada a decisão de reabrir a embaixada dos Emirados Árabes Unidos em Damasco. Os Emirados, que haviam já reaberto uma ...

A partir da Síria, 75 “jornalistas” pedem ajuda a Israel

Rede Voltaire | 20 de Julho de 2018 Setenta e cinco indivíduos dizendo-se «jornalistas», operando na Síria em zonas «rebeldes», pediram ajuda a Israel. Eles pedem que os deixem atravessar a fronteira e, depois, para ser evacuados para a Europa. Estes «jornalistas», de quem se ignoram totalmente os nomes, não seriam em regra geral combatentes. ...

Imã Khamenei: “Se as exportações de petróleo do Irã forem bloqueadas, nenhum outro país nessa região exportará petróleo.”

21/7/2018, Website do Aiatolá Khamenei, Irã “Na verdade, nada há de errôneo na diplomacia ideológica. Esforços para convencer a opinião pública de que haveria contradição entre ideologia [política ou religiosa] e interesses nacionais são errados e ilógicos. (…) O objetivo de termos criado a República Islâmica é salvaguardar os interesses nacionais, a independência, a liberdade, a ...

Síria participa do Fórum de São Paulo em Havana- Cuba e recebe Comenda

Havana-SANA O primeiro vice-ministro das Relações Exteriores de Cuba, Marcelino Medina González, reiterou a posição de seu país em apoio à Síria em sua luta contra o terrorismo. Durante a recepção da delegação síria do Partido Árabe Socialista Baath, Medina destacou que a participação da Síria no Fórum de São Paulo, contribuiu para difundir a ...

Conversações de Helsinki- Trump tenta reequilibrar o triângulo global

17/7/2018, Moon of Alabama “No futuro hoje previsível, o mundo terá três centros de poder. Uma Anglo-América atlanticista, Rússia e China. (A Europa, envelhecida e desunida, irá para onde os ventos a levem.) Esses centros de poder jamais farão guerra direta uns contra outros, mas não pararão de criar situações para desestabilizar as respectivas periferias. ...

Rolê pelo lado selvagem. Trump encontra Putin na Estação Finlândia

17/7/2018, Pepe Escobar, Asia Times “Todo mundo tinha de pagar e pagava um michê aqui, um michê ali” Rolê pelo lado selvagem (Lou Reed) “O outro elemento do gênio de Marx é uma intuição psicológica peculiar: ninguém jamais enxergou com olhos tão implacáveis a infinita capacidade humana de não perceber ou de encarar com indiferença ...

Encontro Putin-Trump em Helsinki: Objetivos maiores que Síria e o Oriente Médio

15/7/2018, Elijah J. Magnier Blog Presidentes Vladimir Putin e Donald Trump (…) discutiram em Helsinki, Finlândia, questões muito mais importantes que eventos no Oriente Médio. Apesar da importância intrínseca, a situação na Síria não é tão urgente quanto esclarecer as intenções dos EUA em relação à Rússia e o desejo potencial de ambas as partes ...

A Cruzada Geopolítica de Trump

14/7/2018, Rostislav Ishchenko, uckraina.ru, in Stalkerzone [trad. ru.-ing. Ollie Richardson e Angelina Siard, in The Vineyard of the Saker, versão aqui retraduzida] Se se aborda essa questão com sensibilidade, sem excesso de emoções, logo se vê claramente que o “imprevisível Trump” é, na verdade, mais previsível que o “previsível Obama”. Ouvimos incontáveis vezes que Trump ...

Jared Kushner e o «direito à felicidade» dos Palestinos

Thierry Meyssan Erradamente, consideramos o projeto norte-americano para o Médio-Oriente como um plano de paz para a Palestina. Apesar da comunicação da Casa Branca, não é o que o Presidente Trump procura. Ele aborda esta questão sob um ângulo radicalmente diferente do dos seus predecessores: ele não procura, como se fosse um imperador, administrar a ...