EUA admitem seu apoio aos terroristas na Síria

EUA admitem seu apoio aos terroristas na Síria
Fonte: HispanTV   –  Tradução: Oriente Mídia Os Estados Unidos, principal país a patrocinar o terrorismo no mundo, disse nesta última quinta-feira que seu governo tem prestado apoio financeiro e fornecido armas para grupos terroristas na Síria. Assim  disse a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki durante seu briefing diário à imprensa, e ressaltou que ...

Síria hoje, e EUA há 150 anos: Eleições em tempo de guerra civil

Síria hoje, e EUA há 150 anos: Eleições em tempo de guerra civil
Por Caleb Maupin, Russia Today Traduzido pelo coletivo Vila Vudu O mais provável é que, em 2014, Bashar al-Assad seja reeleito presidente da República Árabe Síria. A história síria o recordará para sempre, como governante civilizado e herói do seu povo. (15/9/2013, “Uma breve história da guerra dos EUA contra a Síria: 2006-2014”, Moon of ...

EUA precisam de ‘revolução democrática’

EUA precisam de 'revolução democrática'
Por Dr. Kevin Barrett, Press TV Traduzido por Oriente Mídia O que significa “democracia”? Para os líderes dos EUA, significa derrubar governos dos outros. Desde a Segunda Guerra Mundial, os americanos têm derrubado os governos na Itália (1947), Costa Rica (1948), Síria (1949), Líbano (1952), Irã (1953), Guatemala (1954 e 1982), Laos (golpes ininterruptos 1957-1975), ...

Estou confuso. Alguém pode me ajudar? 1

Estou confuso. Alguém pode me ajudar?
Por Neil Clark, Russia Today Traduzido por Oriente Mídia Estou confuso. Algumas semanas atrás, foi-nos dito no Ocidente que as pessoas que ocuparam prédios do governo na Ucrânia foi uma coisa muito boa. Essas pessoas, disseram-nos nossos líderes políticos e comentaristas da imprensa-empresa, eram “os manifestantes pró-democracia”. O governo dos EUA alertou as autoridades ucranianas ...

Seymour Hersh: Obama, Erdoğan e os rebeldes sírios

Seymour Hersh: Obama, Erdoğan e os rebeldes sírios
Linha vermelha e linha de rato[1]: Obama, Erdoğan e os rebeldes sírios 6/4/2014, Seymour M. Hersh,* London Review of Books – Traduzido pelo coletivo Vila Vudu Em 2011, Barack Obama comandou uma intervenção de aliados contra a Líbia, sem consultar o Congresso dos EUA. Em agosto passado, depois de um ataque com gás sarín em ...

A “conquista” da Europa pela OTAN, uma sequência de pequenas traições

A
Fonte: RT Tradução: Natália Forcat No 65º aniversário da OTAN, o debate sobre a expansão da organização continua causando polêmica. Na verdade, muitos acreditam que, com sua expansão, a OTAN quebrou a promessa que fez a Rússia após a queda da cortina de ferro. Em 1949, foi assinado o Tratado da Aliança do Atlântico Norte, ...

Corda e nó no pescoço da diplomacia dos EUA

Corda e nó no pescoço da diplomacia dos EUA
Por Nikolai Bobkin, Strategic Culture. Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu. A Casa Branca resolveu que a Ucrânia entrará num período de transição, embora não se saiba para onde, exatamente, caminha o país. O presidente Obama prometeu cooperar com todos os partidos, sem ter sequer ideia do que, exatamente, estava dizendo. Não se sabe, sequer, quem ganhou e quem ...

Algo de bom em 2013 6

Algo de bom em 2013
Por Claudio Daniel. Gostaria de destacar alguns eventos como os mais importantes daquilo que aconteceu em 2013. 1) Os Estados Unidos não podem mais impor sua vontade ao mundo, do mesmo modo como faziam antes — foram obrigados a recuar de seus planos de ataque à Síria, ao Irã e à Coreia Popular, graças à ...

Fustigar a besta Ianque!

Fustigar a besta Ianque!
Por Chauke Stephan Filho. As sanções ocidentais contra o Irã mostram especialmente bem mais  um pouquinho do segredo que a mídia corporativa mantém fechado a sete chaves da realidade de serem os Estados Unidos Estados bandidos. A sabotagem usamericana contra a economia e o poder iranianos desmascara  os amos de Obama. Este lacaio-mor, o besta da ...

Efeito Dominó Sírio no poder dos EUA

Efeito Dominó Sírio no poder dos EUA
The Saker, Asia Times Online. Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu. Depois da ratificação pelas partes do recente Plano Conjunto de Ação entre Irã e o P5+1, vale a pena olhar novamente par a narrativa oficial que explica essa “solução repentina”. É alguma coisa como: O Irã era governado pelo presidente Ahmadinejad, notório antissemita e negador do Holocausto, que ...